S. João da Madeira acolheu, nos dias 14 e 15 de julho, o primeiro Estágio Internacional de Nihon Tai-Jitsu, uma arte marcial que tem as suas origens no Japão medieval.

O evento contou com a presença de Alfredo Pais Moreira, um dos introdutores do Tai Jitsu em Portugal, os representantes da Federação Mundial de Nihon Tai-Jitsu de Portugal e do México (Rui Paulo Zilhão e Victor Fernandez) e D. Dario Dossio, pertencente à comissão técnica permanente da Federação Mundial de Nihon Tai-Jitsu, nomeado como Membro Honorário da Associação Portuguesa de Nihon Tai-Jitsu.

Esta arte marcial de origem japonesa significa fundamentos de defesa pessoal (tai – corpo, Jitsu – defesa), cuja metodologia foi desenvolvida em França pelo mestre Roland Hernaez, aluno de Jim Alcheik, que introduziu estas artes marciais no seu país, criando a Federação Francesa de Aikido, Tai-Jitsu e Kendo. Após a sua morte, Hernaez continuou o seu trabalho, desenvolvendo e expandindo o Nihon Tai-Jitsu.

Em 1980, vários professores de artes marciais da cidade do Porto e de Aveiro deslocaram-se a França onde obtiveram cinto negro na disciplina e foram escolhidos para introduzir o Tai Jitsu em Portugal.

O Nihon Tai Jitsu está a ser promovido através da Associação Portuguesa de Nihon Tai-Jitsu, que tem dado formação nesta modalidade a diversas federações nacionais de artes marciais, onde se destacam a LOADS e a ELITE DP, ambas implantadas no distrito de Aveiro.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui