“O Rodas”, uma das mais emblemáticas empresas de transportes da região, com uma oferta de serviços especializados, sobretudo para crianças e adolescentes durante o período escolar, celebrou, no passado sábado, o seu 10.º aniversário.

As comemorações tiveram início no final da tarde com uma cerimónia religiosa realizada na Igreja Matriz de S. João da Madeira e a benção de dois novos autocarros, ambas presididas pelos padres Álvaro Rocha e Joaquim Cavadas. Os festejos continuaram pela noite fora com um jantar no Hotel Golden Tulip, que reuniu mais de 50 convidados, entre eles a gerência, funcionários, colaboradores, familiares e parceiros institucionais.

Ao longo do jantar, Joaquim Gonçalves, fundador e administrador da empresa, aproveitou a oportunidade para, em jeito de discurso, agradecer a Deus e todos quantos contribuíram para o sucesso de “O Rodas”, afirmando ainda sentir-se feliz por estar rodeado de pessoas que “carinhosamente” nos tratam como uma “família unida”.

Com ajuda de ilustrações em slides históricos de “O Rodas”, o empresário passou em revista todo o percurso da empresa ao longo de uma década de existência.

 

Fernando Aguiar

 

“Deus quer, o homem sonha, a obra nasce”

É, talvez, nesta perfeita simbiose que Joaquim Rocha Ferreira Gonçalves, depois de ter começado a sua vida empresarial no setor de peles para calçado, fundou, em 1998, “O Rodas”.

A atividade começou com aquisição de uma carrinha Mercedes de 8+1 lugares e tinha como objetivo, na época, transportar crianças e adolescentes (2-16 anos), em deslocações de idas e regressos às escolas, ATL´s, infantários e creches. Entretanto a empresa cresceu de tal forma que, hoje, conta com uma frota de 18 mini-bus. Com sede em S. João da Madeira, ao longo dos anos, “O Rodas” foi abrangendo outros concelhos limítrofes, estando agora presente em cidades como Vila Nova de Gaia, Espinho, Santa Maria da Feira, Ovar e Oliveira de Azeméis. Transportes para atletas de clubes desportivos também estão inseridos no seu portefólio.

Já com uma vasta experiência no mercado e um know-how que foi adquirindo ao longo dos anos, a empresa, que em 2010, arrancou com o projeto de franchising e, em 2011, criou o “Obuzbar”, para serviços ocasionais de despedidas de solteiros, casamentos, praias, queimas das fitas, entre outros.

Segundo Joaquim Gonçalves, para além de querer estender-se para outros concelhos do país como Aveiro e Coimbra, a empresa prepara-se para, ainda este ano letivo, certificar-se com qualidade de excelência para poder crescer no setor e satisfazer ainda mais as novas exigências de mercado.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui