AD Sanjoanense, 2 – AD Nogueirense, 0

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Nélson Cunha, auxiliado por João Arantes e Gonçalo Rodrigues (AF Viana Castelo).

AD Sanjoanense: Cristiano, Castro, Ken, Vítor Bastos, Leo, Sysyi, Cauê, Coulibaly (Augustin, 73’), Evandro (Rafa, 51’), Terrence (Gazela, 73’), Martin.

Suplentes: Ivo, Almeida, Rúben, Agustin, Rafa, Gazela, Daniel Adjei.

Treinador: Filipe Moreira.

AD Nogueirense: Luís Pedro, Antony, Kaique (Luís Demathe, int), Luís Henrique, Álvaro, Mário Jorge, Outara, Douglas (Victor Rogas, 87’), Milton, Octávio (Zito, 73’), Victor.

Suplentes: Pedro Dias, Zito, Tomás, Miguel, Victor Rogas, Luís Demathe, Romeu.

Treinador: João Pires.

Ao intervalo: 0-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para: Douglas (28’), Syzyi (46’), Castro (77’), Gazela (86’), Outara (90’+1’).

Marcha do marcador: 1-0 por Martin (85’), 2-0 por Rafa (90+1’).

Após duas vitórias consecutivas no Campeonato de Portugal, onde ainda não somou qualquer derrota, a Sanjoanense garantiu a passagem à segunda eliminatória da Taça de Portugal após vencer, por 2-0, a AD Nogueirense, num jogo onde os golos só surgiram nos últimos minutos da partida.

Entraram melhor os alvinegros, mas foi à passagem dos 20 minutos de jogo que o perigo chegou à baliza dos visitantes, quando num contra-ataque pelo flanco esquerdo Terrence, junto à linha de fundo tenta o cruzamento para o interior da área, mas não viu ninguém chegar a tempo para o desvio. Dois minutos volvidos a jogada parece repetir-se, mas desta vez Luís Pedro consegue afastar bola, que sobra para Martin, mas o avançado acaba desarmado pela defensiva do Nogueirense.

Era a Sanjoanense que mais insistia e sobre a meia-hora tem mais uma excelente oportunidade para marcar, mas o guardião visitante mostrou-se atento e travou o livre direto de Syzyi.

A resposta dos homens de João Pires surgiu nos últimos 10 minutos da primeira parte e deixou os locais em sobressalto. Primeiro foi Douglas que aproveitou uma perda de Syzyi para, à entrada da área atirar forte, mas rente ao poste direito da baliza à guarda de Cristiano. Logo depois é Octávio que vê a trave desviar o forte remate.

Na segunda parte o Nogueirense entrou com outra disposição e trouxe equilíbrio ao jogo, que se manteve praticamente até ao final. Depois de uma excelente oportunidade de Rafa para inaugurar o marcador, na sequência de um cabeceamento, é Martin que, aos 39 minutos, beneficia de um erro de Luís Pedro e aproveita a antecipação do guardião para se isolar, limitando-se a empurrar a bola para o fundo das redes.

O Nogueirense ainda tentou reagir, mas foi a Sanjoanense que confirmou a presença na segunda eliminatória da Taça de Portugal com a obtenção do segundo golo, na sequência de uma grande penalidade, aos 44 minutos, assinalada após uma carga sobre Rafa. O avançado alvinegro assumiu a responsabilidade e fixou o resultado final, colocando a Sanjoanense na fase seguinte da prova.

E já são conhecidos os jogos da segunda eliminatória da Taça de Portugal, agendada para 30 de setembro, com os alvinegros a deslocarem-se ao recinto do Sport Clube Vila Real.

Entretanto, no próximo domingo a Sanjoanense volta a jogar em casa recebendo, pelas 15h00, o Cinfães, encontro a contar para a quinta jornada do Campeonato de Portugal.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui