É já amanhã, sexta-feira, pelas 21h30, que a Casa Criatividade recebe Carlos Cunha e os restantes atores que compõem o elenco d’ “A grande ressaca”. Além do grande nome do teatro português, os sanjoanenses vão ter oportunidade de ver no palco da sala de espetáculos de S. João da Madeira a filha do próprio, Érika Mota, bem como Nuno Pires, Élia Gonzalez e Lígia Ferreira.

Em “A Grande Ressaca”, o conhecido ator “veste a pele” de Alberto, um empresário de mariscos congelados que há 10 anos perdeu a sua mulher para Ramiro, um outro empresário com a mania que vende mariscos vivos (e vende mesmo).

Alberto vive angustiado com esta perda e nunca deixou de acreditar que a sua mulher vai voltar para casa. Na noite em que faz 60 anos, ele e o seu amigo e empregado Jaime abusam da bebida, dando origem a uma grande ressaca no dia seguinte, com uma particularidade: Alberto não se lembra de nada do que fez na noite passada.

O custo dos bilhetes desta peça da autoria de Roberto Pereira varia entre os 12,50 e os cinco euros, havendo descontos para os portadores do Cartão Amigo. Os ingressos podem ser adquiridos nos locais habituais, inclusive em https://cmsjm.bol.pt/Comprar/Bilhetes/Lista.

Rir ainda continua a ser o melhor remédio

O labor esteve à conversa com Érika Mota, filha de Carlos Cunha e que também integra o elenco desta comédia

É a primeira vez que vem a S. João da Madeira? Qual a opinião sobre a cidade?

É a primeira vez. Como tal, ainda não tenho uma opinião formada. Mas, pela forma magnífica como tenho sido tratada pela equipa da Casa da Criatividade, creio que vou adorar as pessoas e a cidade.

Há quanto tempo estão em digressão com a peça? Por onde já passaram? Qual a próxima cidade, depois de SJM?

Estamos a fazer um ano d’ “A grande ressaca” e já tivemos em mais de 50 locais diferentes de Norte a Sul do país.

Depois de SJM, vamos para a Gafanha da Nazaré, no dia 29 de setembro.

Qual é a principal mensagem que querem fazer passar?

Que rir é o melhor remédio e que ainda vale a pena fazer programas em família, que há uma vida para além das redes sociais.

Como é trabalhar com o seu pai, Carlos Cunha?

O meu pai é, sem dúvida, um dos melhores atores da sua geração. É, para mim, uma honra e um orgulho pisar os palcos ao seu lado.

Depois d’ “A grande ressaca”, qual é o próximo projeto?

Será uma nova comédia, novamente um original do Roberto Pereira protagonizada por Carlos Cunha e em que eu também tenho o privilégio de fazer parte do elenco.

Relativamente à nova comédia, pode adiantar o nome e a data da estreia?

Só não posso porque não sei [risos]. O nome está à espera de aprovação. Só depois marcaremos a estreia.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui