O Governador do Distrito 1970 Joaquim Branco realizou, no dia 28 de setembro, a visita oficial ao Rotary Club de S. João da Madeira.

O primeiro ato da visita foi a passagem pela câmara municipal onde foram recebidos pela vereadora Irene Guimarães, trocaram palavras de reconhecimento do interesse da mútua colaboração e trocaram presentes.

DR

A comitiva rotária prosseguiu com a visita às empresas Bulhosas e Bianco Gelado Artesanal. Na primeira, Alberto Bulhosa fez “um breve historial da empresa, recordando, com alguma emoção, que o fundador da Bulhosas S.A. foi um destacado rotário sanjoanense, Sílvio Bulhosa, do qual permanecem muitas marcas na secção museológica, a par com outros testemunhos da evolução da empresa ao longo dos seus mais de 80 anos de história”, deu a conhecer o Rotary Clube em comunicado.

Na segunda empresa, depois de uma prova de “deliciosos gelados”, Fernando Barbosa deu a conhecer “alguns dos seus projetos, mencionando também algumas dificuldades com que a empresa se depara, mas que vai vencendo com evidente determinação”.

DR

Por sua vez, Eugénia Branco, esposa do Governador, visitou a CERCI e a Universidade Sénior de Rotary, onde foi recebida pelos respetivos diretores, António Cunha e Susana Silva, ambos rotários, ficando a conhecer a realidade destas instituições.

Após uma reunião de trabalho entre o Governador e os membros do clube, realizou-se o tradicional jantar festivo no restaurante Homenagem em que participaram rotários de 14 clubes rotários, amigos e convidados. O jantar festivo ficou marcado pela admissão de mais um associado, Peter Alexander Gay, no Rotaract de S. João da Madeira e pelas intervenções das bolseiras Daniela Cruz (médica, a preparar-se para o exame de especialidade) e Eunice Gomes (que irá terminar, este ano letivo, o seu mestrado em psicologia e que acaba de ganhar uma bolsa como investigadora), ambas apoiadas pelo Rotary Club. O momento musical ficou a cargo de dois estudantes do Conservatório do Porto, Margarida Vaz Neto (soprano), ex-aluna da Serafim Leite, e Rodrigo Teixeira (piano). O pintor e rotário Jorge Miguel ofereceu ao Governador um retrato de sua autoria como tem sido um ato habitual e o Governador e sua esposa e Manuela Gay, presidente do clube sanjoanense, trocaram presentes entre si.

Na sua intervenção, Manuela Gay assumiu que este “será mais um ano em cheio para o nosso club e isso é muito bom para continuarmos a aprender a servir, a colaborar, a agir em equipa, fortalecendo os laços de amizade e companheirismo entre rotários e a comunidade. Será, com certeza, mais um ano com experiências formidáveis e enriquecedoras”. A presidente fez um balanço do dia passado com o Governador e recordou os projetos do clube como a Universidade Sénior, a Sopa Solidária, as Bolsas de estudo e o Banco de material ortopédico, projetando o novo projeto “Eu Também Posso”, destinado a adaptar parques infantis para pessoas com deficiência motora e que estejam presas a uma cadeira de rodas.

Já o Governador Joaquim Branco mencionou “os grandes projetos nacionais e internacionais do movimento rotário, referindo que a missão deste clube, assim como dos restantes clubes rotários de todo o mundo, passa pelo desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir, pelo reconhecimento do mérito de toda a ocupação útil, pela difusão das normas da ética profissional, pela melhoria da comunidade, pela conduta exemplar de cada um na vida pública e privada e pela aproximação dos profissionais de todo o mundo, visando a consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações”, destacando os projetos locais e os projetos mundiais desenvolvidos pela Rotary Foundation, entre os quais se destaca o do combate à Poliomielite.

DR
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui