É com este nome maior da música portuguesa que a sala de espetáculos da cidade encerra a sua programação do mês de outubro

Na última sexta-feira deste mês, dia 26, pelas 22h00, Sara Tavares sobe ao palco da Casa da Criatividade. De regresso às edições discográficas, este nome maior da música portuguesa vai dar a conhecer ao público de S. João da Madeira “Fitxadu”, o seu quinto trabalho de originais, num concerto “sem pressas e com a qualidade a que nos tem habituado ao longo de uma carreira ímpar com mais de 20 anos”.

“Fechado” em crioulo de Cabo Verde, “Fitxadu” marca “o encerramento de um ciclo, e como todos os capítulos, o início de um novo”. Pela primeira vez, Sara Tavares partilha a produção musical e composição das suas canções, na companhia de nomes como Kalaf Epalanga, Toty Sa´Med, Manecas Costa, Bilan (Cachupa Psicadélica) Princezito, Nancy Vieira ou Paulo Flores, entre outros.

O preço dos bilhetes varia entre os 11 e os cinco euros, com direito a desconto

para os portadores do Cartão Amigo. Podem ser adquiridos nos locais habituais,

inclusive em www.bol.pt.

Luísa Amaro com a Tuna dos Voluntários

Uma semana antes, a 19 de outubro, pelas 21h30, é a vez de Luísa Amaro apresentar, juntamente com a Tuna dos Voluntários de S. João da Madeira, o seu último trabalho “Mar Magalhães”, também na Casa da Criatividade. A viagem de circum-navegação de Fernão Magalhães, há 500 anos, inspirou este novo disco da intérprete e compositora pioneira da guitarra portuguesa.

Para Luísa Amaro, “muito mais do que fazer um CD, um registo musical, o importante é perguntar que história queremos contar e tentar contá-la o melhor que podemos!”. “É desta forma que surge mais uma viagem, onde cada música, cada elemento se dirige a alguém que se reconheça neste ambiente e nesta paleta de cores e de sons tão diversos. E a realização, o verdadeiro sucesso, acontece quando uma composição, uma frase que seja, alcança, transforma, ‘toca’ o Outro”, acrescenta a artista, a propósito de “Mar Magalhães”.

Custando entre os 12,50 e os cinco euros (com descontos para quem tem Cartão Amigo), os ingressos encontram-se à venda nos locais habituais, entre os quais em www.bol.pt.

“Unhas Negras – o espetáculo”

Entretanto, no domingo seguinte, 21 de outubro, a partir das 17h00, a Casa da Criatividade recebe “Unhas Negras – o espetáculo”, uma pequena adaptação livre para sala de espetáculo do romance original de João da Silva Correia, jornalista e escritor sanjoanense, que venceu o Orçamento Participativo Municipal de 2017 (vertente cultura), conforme o labor noticiou oportunamente.

Com produção da Associação É Bom Viver, “Unhas Negras – oespetáculo”visa a sinergia entre diversas associações e coletividades da região. Este projeto multidisciplinar pretende transportar-nos ao tempo em que a sobrevivência diária era um desafio e a luta pelos direitos básicos ao trabalho e à dignidade eram quase uma utopia. Desde o teatro ao tecnológico, da máquina ao homem, do sentido à falta de sentido da vida, do lírico ao rock, passando pelo experimentalismo
Os bilhetes podem ser adquiridos na Associação É Bom Viver (Espaço 16 de Maio), Casa da Criatividade, Paços da Cultura e site www.bol.pt.

“Paradigma” encerra digressão nos Paços da Cultura

Já no próximo sábado, dia 13, a banda rock oliveirense “Paradigma” encerra a digressão de promoção do seu último disco, “Eixo do Mal”, com um concerto nos Paços da Cultura. Com início marcado para as 22h00, este é um espetáculo dirigido a todas as faixas etárias e cujo bilhete é gratuito.

Ainda para os Paços da Cultura estão agendados um recital de piano (Musicatos) e um espetáculo de dança pelos alunos da Escola de Dança Ana Luísa Mendonça (Somos Nós), respetivamente, nos dias 27 (21h30) e 28 (17h00).

Em ambos os casos as entradas são, igualmente, livres, mas requerem o levantamento prévio do bilhete.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui