Para quê tanto alarido e ruído sobre o roubo de Tancos ? Sinceramente não se entende? As notícias sobre este tema caem aos trambolhões, dia após dia, preenchendo telejornais continuamente.

Se formos a ver os Portugueses estão-se nas tintas para o roubo de Tancos. As “novidades” são confusas, contraditórias, e o “diz que disse” e o “diz que não disse” do tenente-coronel e do coronel- tenente pairam no ar como farinha numa ventoinha .

Até já atiraram a criança de Tancos para o colo do Presidente Marcelo.

Afinal esse roubo de armas e bombas deve ter sido UM entre vários. Só que este teve o azar de ter sido denunciado por alguém que lhe não coube a fatia devida.

ROUBAR está na génese das apelidadas “instituições” diretamente ou indirectamente . Quer seja plasma dos hospitais, quer seja armamento, quer seja milhões dos bancos nacionais ou ainda através de impostos duplicados ou camuflados.

É tempo pois de encarar tudo isto com natural tranquilidade. Até porque também outros que roubaram milhões ( MEO, bancos, etc. ) continuam a disfrutar de longos processos e não são realmente presos. Sócrates deve estar mesmo rindo às gargalhadas pois faz agora quatro anos sobre a sua detenção e deram-lhe um novo Meritíssimo Juiz para o seu processo de toneladas de papel se prolongar por mais uma década. Pese embora as paralisações que esta classe profissional (muito desfavorecida aliás) prevê fazer, estamos em crer que o assunto será célere desta vez. Sem dúvida.

Portanto não se vê motivo algum para tantas horas desperdiçadas nos canais de televisão com tanto comentador despejando verborreia e retórica sobre estes assuntos enjoativos pois os Portugueses preferem há muito temas mais fascinantes como o programa da SIC sobre casamentos combinados.

Na verdade as televisões têm vindo a trabalhar bem na conquista de audiências .

Por exemplo há dias os três canais abriram os telejornais em simultâneo com o despedimento do treinador do Sporting, José Peseiro . “Figura pública” de renome . Algo da maior importância para os destinos do País. Pasme-se. Peseiro é importante economicamente e socialmente e daí o peso da notícia. Talvez por se chamar Peseiro.

Também muito recentemente o Governo estima em mais de 300 milhões de lucro com o evento WEBSUMMIT . “Diz que se deve” ganhar essa quantia e diz mais ainda . A receita fiscal vai ser a módica quantia de 30 milhões ! Nem menos um pouco. Sim, porque o importante em Portugal é sempre a receita fiscal. Até rima aliás.

Não se diz como se vai atingir esses valores nem se diz com que fundamentos se chega a esses números. Isso não tem importância alguma. Nenhum jornalista perguntou tal coisa a António Costa quando o mesmo o afirmou. Também não teria resposta,, é verdade.

A virtualidade e o desprezo pela verdade profunda dos assuntos, tem vindo a crescer em Portugal nos mais diferentes sectores

Resta ao Portugueses acomodarem-se nos seus sofás e acreditarem na felicidade dos casamentos à primeira vista da SIC .

DR

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui