As filmagens do projeto mais recente do realizador Sérgio Martins começaram durante este mês de novembro em S. João da Madeira.

A web série de ficção “O Paciente” conta com o argumento de Carolina Pascoal e com os atores Diogo Lestre, Beatriz Albergaria, Mário Moreira, que também é assistente de realização, e Cristina Almeida.

O primeiro episódio será “o lançar de sementes para o resto da narrativa” que tem Filipe e Clara como personagens principais, começou por contar Sérgio Martins.

“O Filipe é um professor que procura a ajuda de uma psicoterapeuta que é a Dr.ª Clara” e durante a “primeira consulta” e a “conversa entre eles” o público vai “poder perceber de forma explícita e implícita que o Filipe esconde muito mais do que aquilo que transmite à Dr.ª Clara durante a sua sessão”, adiantou o realizador ao labor.

As filmagens começaram em S. João da Madeira e seguiram para S. Roque, em Oliveira de Azeméis, e Porto.

O lançamento do episódio piloto de “O Paciente” está previsto entre janeiro e fevereiro de 2019.

A continuação desta web série estará dependente da reação do público ao primeiro episódio. Caso a reação seja positiva, o próximo passo será o lançamento de uma campanha de crowdfundig que permita recompensar todos os encargos e todos os envolvidos neste projeto.

“O crowdfundig parece-nos a solução mais justa para todos. Uma vez que o público vai poder ver o episódio piloto e decidir se lhe interessa conhecer o desenrolar da trama, podendo contribuir para isso diretamente e fazendo assim com que este trabalho também seja seu, de certa forma”, explicou Sérgio Martins.

O realizador tenta “sempre moderar” as expectativas, mas assumiu que todos os elementos deste projeto estão “muito entusiasmados”. Por enquanto, “tudo são bons sinais”, assumiu Sérgio Martins. Tais como a dinâmica entre o realizador e a argumentista, que também é psicóloga, refletida no guião da web série, a interpretação dos personagens pelos atores, a cedência dos espaços para filmar algumas cenas por parte dos empresários e empresas e a banda sonora d´“O Paciente”.

Após a emissão do primeiro episódio, só resta saber “o veredicto do público”, concluiu o realizador ao labor.

[Sobre]Viver Por Conta Própria teve “reação interessante na web”

A primeira web série de Sérgio Martins foi [Sobre]Viver Por Conta Própria. Uma web série “documental, enquanto que esta é de ficção”, esclareceu o realizador ao labor.

Um projeto que teve “uma receção interessante na web. O objetivo era esclarecer as pessoas sobre como é ser freelancer em Portugal, nomeadamente numa altura em que o mercado de trabalho estava e está em constante mudança”, revelou Sérgio Martins, admitindo até o interesse em “dar continuidade” à mesma “em moldes um bocadinho diferentes”.

Os documentários “O Tardo” e “Força Lusitana” também são da autoria de Sérgio Martins.

Força Lusitana semifinalistaem festival internacional

O documentário Força Lusitana: A História de Fábio Silva é um dos semifinalistas no Kenya International Sports Film Festival.

Este festival que alia cinema e desporto começa hoje, dia 22, e termina dia 25 de novembro em Nairobi, África.

De 1.323 filmes de todo o mundo submetidos a concurso, 180 foram apurados como semifinalistas. Entre estes está o documentário Força Lusitana: A História de Fábio Silva do realizador Sérgio Martins. Relembramos que o sanjoanense Fábio Silva venceu o título de “Homem + Forte de Portugal” em 2017 e renovou o mesmo título em outubro deste ano.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui