Sexta-feira passada houve eleições na Associação Cultural Luís Lima (ACLL), tendo sido (re) eleitos os órgãos sociais para o próximo biénio (2019-2020).

Com este vai ser o terceiro mandato em que Tiago Valente dos Santos está à frente da direção. O jovem sanjoanense é presidente desde a fundação da ACLL, a 10 de janeiro de 2015, o que, na sua ótica, “é um sinal de confiança não apenas em mim, mas em toda a equipa que trabalha comigo” desde então.

A propósito da sua recente reeleição, o dirigente disse sentir, “sobretudo, uma responsabilidade crescente uma vez que quanto mais conseguimos fazer mais alta fica a fasquia e nós queremos sempre mais, planeamos sempre de forma mais ambiciosa”.

O líder diretivo ainda adiantou ao labor que, “neste próximo mandato a principal ambição é que a ACLL se possa dotar de meios para que a sua direção possa planear a médio prazo e não apenas de forma anual, que é como fazemos atualmente”. “A incerteza hoje em dia ainda é tremenda e queremos que isso deixe de ser um fator limitador para as nossas ambições: queremos começar a construir para o futuro e não apenas para o imediato”, acrescentou.

Para além de Tiago Valente dos Santos, a direção é composta por Pedro Amorim (secretário), Maria Manuel Pinto (tesoureira), Gonçalo Antunes (vogal), Inês Amorim (vogal) e João Pessegueiro (suplente).

Já a mesa da assembleia é constituída por João Vieira (presidente), Pedro Almeida (vice-presidente), Diogo Antunes (vogal) e Hernâni Costa (suplente).

Por último, o conselho fiscal conta com Pedro Batista e Silva (presidente), Paulo Rodrigues (secretário), Adão Oliveira (relator) e Henrique Barbosa (suplente).

PSR nomeado para os Iberian Festival Awards

Organizado pela ACLL, o festival Party Sleep Repeat (PSR) volta a estar nomeado para os Iberian Festival Awards (IFA), tendo a possibilidade de ganhar nas categorias Best Medium Festival; Best Line Up; Best Indoor Festival; Best Cultural Programme; Best Communication; Best Infrastructure; Contribution to Sustainability; Best Lusophone and Hispanic Festival; e Best Live Perfomance (PT/ES).

As votações decorrem até ao próximo dia 31 de dezembro, através do link https://www.talkfest.eu/copy-of-categories, também disponível nas páginas do Facebook da ACLL e do PSR. Note-se, no entanto, que algumas das categorias são decididas pelo júri.

Em declarações ao nosso jornal, Tiago Valente dos Santos destacou o facto de, nesta quarta edição dos IFA, o PSR estar “a concorrer para Best Medium Festival pela afluência de público superior que registámos na edição de 2018”. Em seu entender, “ganhar esta categoria é um desafio tremendamente mais difícil pela dimensão dos festivais que se encontram também nomeados”.

O PSR já ganhou os prémios de Best Iberian Indoor Festival 2016, Best Portuguese Small Festival 2017 e Best Iberian Small Festival 2018, que, para o presidente da ACLL, “registam uma evolução que reflete o caminho do festival”. Aliás, “gostaríamos de voltar a subir ao palco e poder falar daquilo que nos move e da forma como libertamos as receitas de bilheteira para causas sociais”, afirmou, apelando, “mais uma vez, a todos para que votem no nosso festival”.

DR

À semelhança de outros anos, o projeto “Apadrinhe Esta Ideia”, da Associação de Jovens Ecos Urbanos (na foto), e a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) – NRN voltaram a receber dinheiro angariado pela Associação Cultural Luís Lima (ACLL) no âmbito do Party Sleep Repeat. Desta vez, a ACLL doou 6.000 euros no total, sendo que 4.000 foram entregues aos Ecos Urbanos e 2.000 à LPCC.

De salientar que este donativo representa um acréscimo de 10% face a 2017.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui