No período de antes da ordem do dia, Paulo Cavaleiro começou por admitir que a reabilitação da Escola Básica (EB) de Fundo de Vila “é uma intervenção importante”, contudo, “achamos que a escola vai estar parada tempo demais”. Segundo o vereador da coligação PSD/CDS-PP, “não podemos olhar para as coisas de forma pouco rigorosa”. Aliás, na sua opinião, “as intervenções nas escolas devem ser estratégicas”. Ainda a propósito, afirmou não entender porque “a obra da passadeira já está a andar” e a da escola não.

Acontece que, para Jorge Sequeira, “Roma e Pavia não se fizeram num dia”, sendo certo que “temos feito o trabalho com cabeça, tronco e membros”. Neste momento, “estamos a trabalhar com a equipa de design de interiores para [depois] lançar a empreitada”, informou o líder camarário, acrescentando que “para se fazer obras é preciso fazer projetos”. “Estão a ser dados todos os passos para que a intervenção seja a sério e não para fazer remendos”, completou a ideia.

Ainda a propósito, o edil pediu, uma vez mais, a compreensão de todos, em particular a dos pais, que vão continuar a ser informados sobre todo o processo. Recordou também que a decisão de transferir os alunos para as antigas instalações da escola João da Silva Correia tomada, em articulação com a direção do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, “já e não a meio do ano letivo” foi a pensar no bem-estar da comunidade educativa.

Jorge Sequeira também aproveitou a ocasião para “dar uma alfinetada” à oposição: “Estamos satisfeitos e orgulhosos com o programa que lançámos tendo em vista a retirada do amianto das escolas”, entre as quais a de Fundo de Vila. Ou seja, algo que os executivos que antecederam o seu não fizeram.

“Só vejo vantagens” em se construir já a passadeira

Quanto à passadeira que está a ser construída junto à entrada da EB, “é uma coisa positiva e reclamada” há muito tempo, que “visa melhorar as condições de segurança”. Por isso, “quanto mais depressa for feita melhor”. “Só vejo vantagens nisso”, opinou o autarca.

Paulo Cavaleiro voltou a pedir a palavra, esclarecendo que “ninguém é contra a obra da passadeira”.

Requalificação de campo de jogos em Fundo de Vila 

GN

Depois de concluído o Parque Infantil Folhas Vivas, em Fundo de Vila, a câmara vai requalificar o campo de jogos ali existente. Segundo explicou às jornalistas o “vice” José Nuno Vieira, “onde existe agora uma espécie de arrumos vai ser feito um balneário”. O procedimento de concurso já terminou. Aliás, o empreiteiro até já foi escolhido, faltando agora a assunção de compromissos plurianuais e a consequente repartição de encargos, aprovadas por unanimidade nesta última reunião de câmara, também passarem pelo crivo da Assembleia Municipal.

O valor total da obra, cuja duração prevista é de 180 dias, é de 149.950 euros mais IVA, 49.950 euros (mais IVA) dos quais previstos no Orçamento Municipal de 2019 e 100 mil (mais IVA) no de 2020

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...