Créditos: Direitos Reservados

Domus Nostra, 1 – Dínamo Sanjoanense, 5

Jogo no Pavilhão Gimnodesportivo Portomar.

Árbitros: João Cunha e David Pereira.

Domus Nostra: João Catarino, Francisco Silva, Zé Miguel, André Lima, Guilherme Preguiça, André Barreira, Cristiano Miranda, David Nicolau, Cláudio Ferreira, Leonardo Jesus, Henrique Preguiça, Kevin Conceição, Luís Pacheco.

Treinador: Daniel Vilarinho.

Dínamo Sanjoanense: Nuno Couto, Chico Leitão, Diogo Tavares, João Carvalho, Tiago Silva, Miguel Isolino, Babas, Válter Batista, Xavier Moreira, Pedro Gomes, Nando Costa, Emídio Baptista.

Treinador: Luís Almeida.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Catarino (15’ e 21’), Luís Pacheco (15’ e 25’), André Lima (15’), Francisco Silva (20’), Válter Batista (27’), Emídio Baptista (27’), Xavier Moreira (33’), Leonardo Jesus (33’), Diogo Tavares (34’ e 40’).

Cartão vermelho para João Catarino (21’), Luís Pacheco (25’), Diogo Tavares (40’).

Ao intervalo: 1-1.

Marcha do marcador: 1-0 por Luís Pacheco (19’), 1-1 por João Carvalho (20’), 1-2 por João Carvalho (21’ gp), 1-3 por Pedro Gomes (25’), 1-4 por Xavier Moreira (33’), 1-5 por Tiago Silva (40’).

Com apenas duas vitórias e na última posição da tabela classificativa, o Domus Nostra parecia um adversário acessível para o líder da Série C, mas o Dínamo Sanjoanense teve de se aplicar para trazer os três pontos para S. João da Madeira e foi só na segunda metade do encontro que conseguiu chegar à liderança.

Uma primeira parte equilibrada acabaria por se refletir no resultado, que só sofreria alterações praticamente em cima do intervalo com o golo da equipa da casa, com Luís Pacheco a aproveitar um passe longo do guarda-redes João Catarino para se isolar e inaugurar o marcador.

A resposta do Dínamo Sanjoanense foi quase imediata e surgiu a poucos segundos do intervalo num lance de bola parada, com João Carvalho a converter um livre direto.

A segunda parte começou praticamente com o segundo dos homens de Luís Almeida, quando num ataque dos visitantes João Catarino derruba o adversário, vê o segundo amarelo e consequente vermelho, e assinalada grande penalidade, que João Carvalho não desperdiçou para colocar o Dínamo na liderança no marcador (1-2). Aos 25 mais uma expulsão (segundo amarelo a Luís Pacheco) deixa os locais temporariamente em desvantagem numérica, situação aproveitada pelo conjunto de S. João da Madeira para ampliar a vantagem, com Pedro Gomes a desviar um passe de Nando Costa para o fundo das redes. Oito minutos volvidos é Xavier Moreira, de livre direto, que aponta o quarto do Dínamo.

Já nos instantes finais o Domus não aproveita um erro da defensiva visitante para reduzir e no último minuto do encontro Tiago Silva sentenciou a partida com o quinto do conjunto de Luís Almeida.

No próximo dia 1 de fevereiro o Dínamo Sanjoanense recebe, pelas 17h00, o Covão Lobo.

Resultados da formação
Juniores
CD Arrifanense, 3 – D. Sanjoanense, 2
Juvenis
AC Luso, 4 – D. Sanjoanense, 7
Iniciados
D. Sanjoanense, 8 – Futsal Azeméis, 3
Iniciados B
CRC Sanjoanense, 9 – D. Sanjoanense, 5
Infantis
AP8 Academia, 4 – D. Sanjoanense, 5
Benjamins
Saavedra Guedes, 10 – D. Sanjoanense, 1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Loading Facebook Comments ...