Uma das ações previstas é a criação de um apartamento de autonomização 

 

No âmbito do Programa Operacional Regional Norte, a Câmara Municipal de S. João da Madeira viu ser aprovada, no início do mês de agosto, a sua candidatura a financiamento comunitário para Inserção de Pessoas em Situação de Sem-Abrigo.
O projeto “Novo Dia” está alinhado com as políticas estratégicas de inclusão nacionais, regionais e locais, enquadrando-se no eixo “Inclusão Social e Pobreza” e na prioridade de investimento “Inclusão Ativa”, do Norte 2020.
Entre as ações previstas estão a criação de um apartamento de autonomização para mulheres que irá complementar a resposta já existente para homens. Recorde-se que foi o labor quem avançou em primeira mão, em outubro de 2020, que a Câmara Municipal de S. João da Madeira iria avançar com a cedência de um novo apartamento de autonomização para pessoas sem-abrigo, mas desta vez dirigido a mulheres.
Para além da componente habitacional, o projeto vai desenvolver-se através dos eixos ocupacional e gestão, capacitação e sensibilização, comunicação, acompanhamento, avaliação e disseminação.
Para a concretização do “Novo Dia”, está previsto o desenvolvimento de parcerias estratégicas com instituições da Rede Social de S. João da Madeira, nomeadamente com a Santa Casa da Misericórdia, em áreas como a intervenção social, saúde, justiça, emprego e formação profissional.
O projeto está orçado num montante global de investimento na ordem dos 88 mil euros, contando o Município com um financiamento de 67,5% através do programa Norte 2020.
Desde a sua divulgação até ao fecho da edição, o assunto não sofreu evolução, continuando, por isso, sem novidades, adiantou o Município ao labor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...