O conteúdo programático da disciplina de Físico-Química serviu de base para uma sessão de educação rodoviária que decorreu na Escola Básica e Secundária Dr. Serafim Leite, no âmbito do Projeto Educativo Municipal. A iniciativa foi promovida pela Divisão de Planeamento, Ordenamento e Ambiente da câmara e pela Proteção Civil Municipal, com a participação da PSP e da corporação dos bombeiros do concelho.

Durante esta ação de sensibilização, realizada recentemente, conceitos como a velocidade e a distância, que fazem parte das matérias estudadas pelos alunos nas aulas de Físico-Química, foram usados para explicar a razão para algumas regras de trânsito, bem como dos eventuais impactos provocados pelo seu desrespeito, refere nota de imprensa remetida ao nosso semanário.

A iniciativa contou com a presença de uma técnica responsável por projetos de sinalização rodoviária da autarquia, um agente do programa Escola Segura da PSP, um bombeiro voluntário e um acidentado. Na plateia encontravam-se mais de oito dezenas de alunos de turmas que têm Físico-Química, acompanhados pela professora desta disciplina.

Durante duas horas, entre filmes e debates, destacou-se a importância do uso de cinto e capacete, de acordo com o tipo de veículos, como equipamentos de segurança fundamentais para evitar danos de maior gravidade e até a morte em casos de acidentes. Os efeitos do álcool e a distração dos transeuntes, os impactos traumáticos no corpo humano em caso de sinistro e o testemunho de um acidentado foram também abordados.

Sabendo-se que a maioria da sinistralidade é motivada por erros humanos, os intervenientes alertaram e sensibilizaram os estudantes para assumir um comportamento preventivo e seguro no meio rodoviário, atualmente como peões, utilizadores de velocípedes ou passageiros e, no futuro, também como condutores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Loading Facebook Comments ...