O Rotaract, o Rotary e a sua Universidade Sénior “continuam na primeira linha das ações de apoio ao povo ucraniano”, dão a conhecer em comunicado enviado ao labor.

As suas ações traduziram-se na Missão Humanitária, organizada pela Câmara Municipal e Junta de Freguesia de S. João da Madeira, que partiu no sábado passado com o objetivo de resgatar 36 cidadãos ucranianos que se encontravam em Varsóvia, na Polónia.

“Alguns dos bens alimentares, de higiene e roupas que seguiram no autocarro foram selecionados a partir das doações recolhidas, triadas e embaladas na Universidade Sénior, desde o dia 1 de março, na sequência da campanha lançada pelas organizações rotárias. Para o mesmo efeito, foi também feita a entrega de um donativo em dinheiro, recolhido entre os alunos da Universidade Sénior e os membros do clube”, informam os rotários.

De acordo com os mesmos, no início desta semana, a 14 de março, “já se tinha atingido o somatório de 116 embalagens, enviadas ou a enviar para os seus destinos via câmara municipal”, especificando que “esses donativos – alimentos, roupas, material médico e de higiene e alimentação animal – foram, essencialmente, recolhidos em escolas sanjoanenses e transportados para a Universidade Sénior onde equipas de voluntários se encarregaram de os triar e embalar”.

Os rotários “regozijam-se com esta resposta dada pelos sanjoanenses, em particular pelas crianças e jovens, que puderam, assim, dar largas aos seus sentimentos de solidariedade e amor pela paz” uma vez que são também esses os ideais que os levam “a mover-se por esta causa”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...