“Já não imagino a minha vida sem ela”, confessou a dona da papelaria Lusíada, Glória Rosa, mais conhecida como Lola, ao labor

 

Quem passa junto à Lusíada, dificilmente fica indiferente à gata que normalmente se encontra sentada numa cadeira em frente à papelaria da Rua Oliveira Júnior em S. João da Madeira. Infelizmente, esta gata, de seu nome “Boneca”, foi abandonada, como tantos outros animais, pelos seus donos, já lá vão sete anos e tal aconteceu logo a seguir ao ano novo. Ao saber que andava na rua, a dona da Lusíada, Glória Rosa, mais conhecida como Lola, decidiu acolhê-la.  Desde então que ela é “a mascote da papelaria”, da Rua Oliveira Júnior e até da cidade, confirmou a dona da Lusíada ao nosso semanário, alertando-nos para o facto de que “ela deve estar pelo mundo inteiro porque o pessoal que passa aí, sobretudo o que vai para Santiago de Compostela, para sempre para tirar fotos à gata na cadeira”.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 1 de setembro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...