AD Sanjoanense, 7 – AA Espinho, 4

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: Porfírio Fernandes e Miguel Matos.

AD Sanjoanense: Guilherme Pedruco, Alex Mount, Nuno Araújo, João Ramalho, Hugo Santos.

Suplentes: André Couto, David Castaño, Andrés Castaño, Rúben Pereira, Zé Almeida.

Treinador: Reinaldo Ventura.

AA Espinho: Ricardo Silva, Gonçalo Santos, Vasco Casanova, António Pinto, Pedro Cerqueira.

Suplentes: Vasco Reis, João Pereira, Lourenço Ventura, Rafael Duarte, Tomás Ferraz.

Treinador: António Pinto.

Ao intervalo: 5-0.

Cartão azul para André Pinto (26’ e 33’), Nuno Araújo (32’), Rafael Silva (32’).

Marcadores: Alex Mount (5’, 24’), Nuno Araújo (8’), Andrés Castaño (10’), Zé Almeida (11’, 42’), Hugo Santos (30’), Rafael Duarte (32’), Gonçalo Santos (33’), Vasco Casanova (45’), Lourenço Ventura (46’).

Faltas: AD Sanjoanense, 13 | AA Espinho, 8.

2023 vai terminar da melhor forma para a Sanjoanense. A formação alvinegra goleou a equipa de Espinho no último jogo do ano e, fruto também da derrota (3-5) do Póvoa frente ao Paredes, vai entrar em 2024 na liderança da Zona Norte do Campeonato Nacional da 2ª Divisão.

Sem perder há sete jogos, a Sanjoanense pretendia fechar 2023 mantendo o ciclo de vitórias e foi o que fez na receção à Académica de Espinho, mas apesar do resultado dilatado os locais não tiveram uma tarefa fácil.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 21 de dezembro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...