O menino que, no quarto ano de escolaridade, escreveu no “livrinho de finalistas” que “adorava ser médico e bombeiro para tratar e ajudar as pessoas” preside hoje à direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira (AHBVSJM). Um cargo que nunca pensou vir a desempenhar.

DR

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 11 de janeiro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...