Boa-Hora FC, 28 AD Sanjoanense, 21

Pavilhão F. Tavares, Lisboa.

Árbitros: Marco Sousa e André Santos.

Boa-Hora FC: Alexandre Moura, Afonso Ferreira (2), Diogo Abadia, Martim Ferreira (1), Tomás Ribeira (4), Adama Nanque, Alexandre Oliveira (1), Tomás Pirata (1), Martim Ferraz (3), Gonçalo Antunes, Evaldo Almeida (3), Pedro Padre (1), Fernando Baptista (3), Benjamim João (8), Afonso Marques e Leonel Almeida (1).

Treinador: José Marques.

AD Sanjoanense: Rui Duarte, Allan Magno (4), Francisco Silva (1), Miguel Almeida (1), Bruno Costa (1), Guilherme Novo (3), Pedro Pereira (2), Afonso Tavares, Luís Martins, Tiago Antunes (3), Orlando Correia (1), Paulo Lopes, Andersson Rocha (2), Adonys Garcia (2) e Vinícius Silva.

Treinador: Hélder Vieira.

Resultado Intervalo: 16-11.

A Sanjoanense saiu de Lisboa com uma derrota por 28-21, frente ao Boa-Hora FC, adversário que procura consolidar a sua posição entre os seis primeiros lugares que asseguram automaticamente a manutenção, o mais rápido possível. Não era esperada uma partida fácil e em campo isso ficou comprovado, com os homens da casa entraram muito fortes e determinados desde o início da partida, o que lhes permitiu sair para o descanso na frente do marcador.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 29 de fevereiro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Loading Facebook Comments ...