AD Sanjoanense, 8 – USC Paredes, 4

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: Filipe Oliveira e Sérgio Paulo Silva.

AD Sanjoanense: Guilherme Pedruco, Alex Mount, João Ramalho, Rúben Pereira, Hugo Santos.

Suplentes: André Couto, Nuno Araújo, David Castaño, Andrés Castaño, Zé Almeida.

Treinador: Reinaldo Ventura.

USC Paredes: Diogo Vale, Márcio Fonseca, Bruno Dinis, David Correia, Carlos Felgueiras.

Suplentes: Domingos Soares, Bruno Pinto, Francisco Monteiro, Filipe Ribeiro, Telmo Magalhães.

Treinador: Leonardo Rodrigues.

Ao intervalo: 4-3.

Cartão azul para: Zé Almeida (18’), Alex Mount (28’), Bruno Pinto (32’), David Castaño (45’).

Marcadores: Bruno Dinis (2’, 4’), Alex Mount (3’), Hugo Santos (7’, 9’), Márcio Fonseca (18’, 28’), João Ramalho (19’, 33’), Andrés Castaño (35’, 37’), Zé Almeida (43’).

Faltas: AD Sanjoanense, 8 | USC Paredes, 9.

Contra a uma das equipas em zona de despromoção, a Sanjoanense tinha uma tarefa teoricamente fácil pela frente, mas apesar do resultado dar a entender que foi uma vitória acessível para os homens de S, João da Madeira a realidade foi bem diferente.

Com o arranque da partida os locais começaram cedo as sentir a dificuldades criadas pela equipa de Paredes, que com menos de dois minutos viram Bruno Dias, com uma transição rápida, bater Guilherme Pedruco. Os forasteiros ganharam cedo vantagem, mas a resposta dos alvinegros foi imediata e em menos de um minuto uma queda de João Ramalho, num lance de ataque, deixou Alex Mount com a posse de bola e o inglês repôs a igualdade.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 11 de abril ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...