Durante cinco dias S. João da Madeira moveu-se pela dança, em mais uma “A Cidade Dança”, que já vai na quinta edição. Com a curadoria da coreógrafa sanjoanense São Castro, este evento promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, em parceria com a Play False Associação Cultural, voltou a trazer a dança a diferentes espaços da cidade, envolvendo vários artistas e entidades locais, com várias propostas na área, sempre com o objetivo de criar uma interação dinâmica com o público e a comunidade. Esta edição contou ainda com financiamento da Direção-Geral das Artes e o apoio mecenático da Cartonagem Trindade.

Este ano a decorrer fora das datas habituais, devido aos timings de divulgação dos resultados do concurso da DGArtes, o evento teve de ser reagendado para junho. Segundo São Castro esta alteração trouxe alguns desafios, especialmente porque junho é um mês de final de ano letivo e assim sendo, “é bastante exigente para as escolas de dança, que estão em plena preparação de exames e espetáculos de final de ano. Além disso, percebi que é uma época com uma grande concentração de eventos na cidade, o que poderá provocar uma maior dificuldade em convocar o público e os participantes. No entanto, o foco foi na adaptação às circunstâncias, de forma a contornar qualquer dificuldade, garantindo que todas as iniciativas acompanhariam os objetivos que se pretendia. Foi sem dúvida fundamental a disponibilidade e profissionalismo de toda a equipa envolvida, tanto da parte da Play False Associação, como da rede de entidades culturais locais como Casa da Criatividade, o Turismo Industrial, o Paços da Cultura e a Oliva Creative Factory”.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 20 de junho ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...