AD Sanjoanense, 1 – SL Benfica, 2

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitro: Filipe Oliveira.

AD Sanjoanense: Catarina Viola, Bárbara Marques, Ana Rita Couto, Inês Ferreira, Joana Rodrigues.

Suplentes: Ana Rosa Varela, Ana Sofia Silva, Matilde Lua, Inês Torres, Inês Carvalho.

Treinador: Marco Lopes.

SL Benfica: Maria Vieira, Marlene Sousa, Catalina Flores, Sofia Moncóvio, Beatriz Figueiredo.

Suplentes: Alice Vicente, Elena Tamiozzo, Inês Severino, Maria Sofia Silva.

Treinador: Paulo Almeida.

Ao intervalo: 1-2.

Marcadoras: Joana Rodrigues (15’), Marlene Sousa (16’, 24’).

Faltas: AD Sanjoanense, 5 | SL Benfica, 8.

A Sanjoanense perdeu pela margem mínima (1-2) o primeiro jogo da meia-final, em casa, frente ao Benfica, e está agora obrigada a vencer a segunda mão, em Lisboa, para forçar a partida de desempate. Frente à decacampeã nacional, que está época ainda não somou nenhuma derrota em provas nacionais, não se esperava uma tarefa fácil para as alvinegras e o início da partida deixou claras as dificuldades das locais. Com menos de cinco minutos decorridos as encarnadas já tinham ameaçado com duas bolas ao ferro, perante uma Sanjoanense que praticamente não tinha incomodado a guardiã Maria Vieira.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 20 de junho ou no formato digital. Assine o labor aqui.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...