A apresentação do livro “Vidas de Trabalho no Feminino: Entre o Campo e a Cidade”, da autoria de Clotilde Valente, realiza-se este sábado, 22 de junho, pelas 16h30, na Casa-Museu Regional de Oliveira de Azeméis.

“Clotilde Valente nasceu em 1938, em Samil, freguesia de São Roque, concelho de Oliveira de Azeméis. Frequentou o colégio Castilho, em S. João da Madeira até ingressar, em 1958, na Escola do Magistério, em Vila Real. Lecionou no concelho de Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira e Santa Maria da Feira. Casou em 1962. Tem quatro filhos e dez netos, que considera a sua maior fortuna. Fez parte da comissão instaladora do Museu de Chapelaria, em S. João da Madeira. Aos 55 anos, quando se aposentou, ingressou na Universidade Fernando Pessoa, onde se licenciou em Antropologia”, lê-se no convite enviado pela direção da instituição ao labor.

É, explica, “sob a forma de monografia e tese final da licenciatura em Antropologia, surge a obra ´Vidas de Trabalho no Feminino: Entre o Campo e Cidade´, que aborda o exemplo de vida de duas mulheres do mundo rural, pré 25 de abril, sendo u<ma personagem lavradeira-leiteira e a outra lavradeira-manteigueira”.

A apresentação do livro será feita pelos professores Francisco Reimão Queiroga e Henrique Manuel Pereira, e contará com um momento musical protagonizado por João Melo (guitarra).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...