Tendo em conta as suas “necessidades” e “outros projetos”, bem como as suas “disponibilidades financeiras”, tal como o labor já havia noticiado em edição anterior, o Município entendeu que se justificava o recurso a uma “parceria público-privada” para a construção do tão propalado complexo de ténis e padel (quatro courts de ténis e oito de padel) na cidade. Isto, com base num estudo de viabilidade económico-financeira em que, ainda na última segunda-feira, Jorge Sequeira disse confiar.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 27 de junho ou no formato digital. Assine o labor aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...