A Guarda Nacional Republicana (GNR) emitiu um alerta sobre uma mensagem fraudulenta que está a circular, na qual os cidadãos são instados a pagar uma alegada coima em atraso para evitar a apreensão dos seus veículos.

A GNR esclarece que a mensagem é “falsa e pressupõe uma tentativa de burla, pois não envia mensagens de telemóvel para efetuar pagamentos”, pelo que se a receber “deverá denunciar e informar de imediato as Autoridades Policiais”.

Para se proteger deste tipo de situações, a GNR recomenda que os cidadãos não aceitem métodos de pagamento que desconheçam e que consultem o seu banco antes de efetuarem qualquer pagamento. Além disso, é crucial não partilhar dados pessoais através de SMS ou email, evitar clicar em links suspeitos recebidos por estes meios e verificar regularmente o extrato bancário para detetar quaisquer atividades não autorizadas.

Em caso de ser vítima desta burla, “deverá denunciar o crime ao posto policial da área de residência, por forma a que se consiga adequadamente monitorizar e melhor gerir os recursos disponíveis, ou poderá apresentar a referida queixa por via eletrónica, utilizando a plataforma digital https://queixaselectronicas.mai.gov.pt”. A denúncia deste tipo de crime é “fundamental para auxiliar à sua monitorização”, conclui a GNR.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...