Foi com o domínio da Sanjoanense que terminou o ADS Cup 18, torneio promovido pelo futebol de formação dos alvinegros, que decorreu ao longo do último fim de semana e que juntou mais de 720 atletas, provenientes de quase 20 clubes.
Com duas equipas a competir em cada classe, o clube organizador venceu quatro dos seis escalões, assistindo-se mesmo a duas finais entre as formações da Sanjoanense, que garantiu, assim, os dois primeiros lugares do pódio em infantis B e benjamins B. O clube alvinegro venceu ainda em infantis A e benjamins A e conquistou a terceira posição em traquinas A. “Desportivamente o balanço é muito positivo”, garante Manuel Oliveira, responsável pelo futebol de formação da Associação Desportiva Sanjoanense. “Estiveram aqui grandes equipas e as nossas bateram-se de igual para igual e conseguimos mesmo disputar duas finais entre a Sanjoanense”, sublinha o dirigente, que admite que a excelente prestação do clube reflete “o bom trabalho que os treinadores estão a realizar”. “É sinal que a Sanjoanense está no bom caminho”, frisa o responsável.
Extremamente satisfeito com o evento deste ano, o primeiro sob a sua responsabilidade, desde que assumiu a direção do futebol de formação do clube alvinegro em setembro de 2017, Manuel Oliveira confessa, no entanto, que nem tudo correu sem sobressaltos. “Infelizmente tivemos duas situações desagradáveis. É lamentável que alguns pais não se saibam comportar”, refere o dirigente, que admite que se trata de uma situação que “tem que mudar”. “Para que os miúdos não voltem a passar pelo que se passou acho que temos de ter policiamento”, confessa o responsável, que admite estar a ponderar a introdução dessa medida nas próximas edições do torneio para “evitar que os pais criem confusões sem necessidade nenhuma”. “Há uns anos atrás isso era impensável, mas hoje sou a favor para que as coisas regressem à normalidade”, assegura o dirigente, que reconhece que a aposta em árbitros creditados, “para que não hajam dúvidas, habilidades e confusões, parece não ser suficiente”. Nesse sentido, a edição deste ano do ADS Cup contou com o apoio dos árbitros do INATEL e dos Núcleos de Lourosa e de S. João da Madeira para a orientação das dezenas de partidas realizadas ao longo dos três dias de competição, contribuindo também para o sucesso do torneio. “Conseguimos envolver toda a gente, que colaborou e trabalhou para fazer do ADS Cup um evento digno e para que continue a ter um bom futuro”, frisou.
Novidade na edição deste ano foi a escolha do padrinho do torneio, com a organização do evento a “fugir” ao habitual e a entregar a responsabilidade ao secretário do clube Agostinho Gomes. “Costumo dar valor às pessoas que trabalham comigo e, neste caso, não tive dúvidas nenhumas em escolher o padrinho”, garante Manuel Oliveira. “Não é uma figura pública, mas para mim o que interessa é que se trata de uma pessoa que se dedica ao clube há 25 anos, é sócio há mais de 25 anos e que dá tudo pelos miúdos, pela formação e pela Sanjoanense. Como ele devem haver poucos e há que premiar estas pessoas”, assegura.
Uma distinção que surpreendeu Agostinho Gomes, que confessa que, “não estava a contar com isto”. “É um reconhecimento pelos 25 anos de dedicação ao clube e pelo meu trabalho e estou muito grato, em particular à direção do futebol de formação”, desabafa, sublinhando que “o mérito é de todos”. “A Sanjoanense é um clube muito grande e todos somos poucos para ajudar”, explica Agostinho Gomes, realçando que partilha a distinção que lhe foi atribuída com “todos os dirigentes, funcionários, atletas e treinadores que passaram pelo clube e que deram o seu melhor”. “No meu lugar poderiam estar muitas outras pessoas, algumas que já nos deixaram, e que ajudaram a construir o clube e a fazer história”, refere Agostinho Gomes, que elogia a opção da direção por “sair da situação banal de distinguir os atletas”. “Reconheço que os artistas são os jogadores, mas o futebol também se faz com dirigentes e esta mudança pode servir de estímulo para as novas gerações. para que a Sanjoanense continue a cumprir a sua missão”, concluiu.

Classificações
Infantis A
1.º AD Sanjoanense
2.º CD Arrifanense
3.º Anta Baixinhos
4.º AC Cucujães
5.º CD Loureiro
6.º AD Sanjoanense
7.º CD Paços Brandão

Infantis B
1.º AD Sanjoanense
2.º AD Sanjoanense
3.º Salgueiros SC
4.º EF Fintas Braga
5.º EA Benfica Gaia
6.º Lus. Lourosa
7.º AC Cucujães
8.º CD Arrifanense

Benjamins A
1.º AD Sanjoanense
2.º Salgueiros SC
3.º Boavista FC
4.º SC Alba
5.º AD Sanjoanense
6.º FC Maia
7.º AC Cucujães
8.º EA Benfica Gaia

Benjamins B
1.º AD Sanjoanense
2.º AD Sanjoanense
3.º AD Taboeira
4.º CD Loureiro
5.º CD Arrifanense
6.º FC Maia
7.º CD Estarreja
8.º Anta Baixinhos

Traquinas A
1.º Anta Baixinhos
2.º Gondomar SC
3.º AD Sanjoanense
4.º EA Benfica Gaia
5.º EF Rui Dolores
6.º AD Sanjoanense
7.º FC Maia
8.º CD Arrifanense

Traquinas B
1.º CD Loureiro
2.º EA Benfica Gaia
3.º CD Arrifanense
4.º AD Sanjoanense
5.º AD Sanjoanense
6.º AC Cucujães
7.º Severfintas
8.º Anta Baixinhos

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui