Oposição criticou “falta de comunicação da câmara sobre intervenção no espaço público”

A Câmara Municipal de S. João da Madeira tem de “melhorar” a transmissão de informação aos sanjoanenses, disse Paulo Cavaleiro, vereador da oposição, depois de ter mencionado as intervenções na Avenida 1.º de Maio e na Rua da Liberdade, durante a reunião de câmara desta semana.

No primeiro caso, Avenida 1.º de Maio, o vereador da oposição deu a entender que a autarquia apenas colocou informação na página da rede social Facebook como forma de “reação às críticas”, afirmou Paulo Cavaleiro, apontando a inexistência de informação relativamente à outra intervenção que estava a decorrer no dia da reunião de câmara (10 de julho).

O presidente da câmara, Jorge Sequeira, começou por dizer que a intervenção na Avenida 1.º de Maio é “de toda a urgência e prioridade”.

Os trabalhos estão a decorrer com “franco progresso”, “estimamos que esta semana serão concluídos” e a “via aberta ao público”, informou Jorge Sequeira.

Créditos: DR

O “abatimento da via” levou ao corte temporário de trânsito na Avenida 1º de Maio na Zona Industrial das Travessas. “A situação foi provocada pelo colapso de uma caixa de visita da rede de recolha de águas pluviais”, segundo a empresa municipal Águas de S. João.

“Uma vez que no traçado do coletor está implantado um poste da rede de abastecimento de energia elétrica, a empresa municipal informa que esse facto implica uma complexidade acrescida na concretização da intervenção, de forma a não interferir com essa infraestrutura.

Nesse sentido, já foram feitos os levantamentos técnicos necessários, incluindo inspeções vídeo, tendo-se seguido a consulta a empresas especializadas, para obter propostas de execução dos trabalhos de resolução do problema, que terão de ser realizados por uma empresa especializada”, informou a Câmara Municipal de S. João da Madeira, justificando que “por questões de segurança e para permitir o desenvolvimento dos trabalhos de inspeção e de reparação há cerca de 15 dias que a circulação automóvel passou a ter de ser efetuada provisoriamente por arruamentos alternativos”, pedindo-se “desculpa pelos incómodos” e agradecendo “a melhor compreensão”.

A intervenção na Rua da Liberdade trata-se de uma “obra particular” para “substituir o fibrocimento numa das habitações”, informou o presidente da câmara municipal sanjoanense.

 

 

 

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui