O serviço de refeições prestado pela empresa Know Food nas Escolas do 1.º ciclo do Ensino Básico e Jardins de Infância de S. João da Madeira foi alvo de notícias na última semana.

O assunto foi levantado por Paulo Cavaleiro, vereador do PSD/CDS, na reunião de câmara desta semana depois de não ter sido mencionado pelos socialistas.

O presidente Jorge Sequeira remeteu a informação para o comunicado emitido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, onde esclarece que “não há reclamações dos pais, dos professores ou dos técnicos das ATL (Atividades de Tempos Livres) sobre a qualidade ou quantidade dos bens alimentares servidos nas escolas EB1/JI de S. João da Madeira”.

A autarquia “dispõe de nutricionista que acompanha e fiscaliza o funcionamento das cantinas e, todos os dias, visita escolas no exercício dessas funções” e que “identificou situações que não respeitam o que se encontra estabelecido contratualmente com a Know Food, e que se traduzem, nomeadamente, em alterações às ementas, mas sem colocar em causa o serviço de refeições saudáveis para as crianças”, continua.

O contrato com “a Know Food foi estabelecido em maio de 2016, pelo período de três anos, e que, para fazer face aos incumprimentos acima referidos, esta câmara instaurou um processo para aplicação de uma penalidade à empresa, o qual está em curso” e no seguimento desse processo a câmara tem “mantido reuniões com a Know Food no sentido de esta empresa corrigir as questões identificadas, incluindo a situação laboral das cozinheiras, ajudantes e tarefeiras” e “todos os pagamentos devidos à empresa por parte da câmara estão em dia, existindo um saldo a favor da autarquia”.

O Município esclarece ainda que, “ao contrário do que foi expressamente noticiado, apenas em 10 de julho de 2018 – e não em março – deu entrada na câmara um oficio da Know Food subordinado ao assunto ´rescisão/revogação´, o qual está em análise pelos serviços da autarquia”.

A câmara tinha agendada uma nova reunião com o responsável da empresa para esta última terça-feira, dia 24 de julho, que ficou sem efeito e vai ser remarcada até final da semana.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui