Créditos: Direitos Reservados

Depois do domínio no 14.º Open Nacional de Damas Clássicas de Meruge, com o Centro de Cultura e Desporto (CCD) de S. João da Madeira a vencer no coletivo e individual, a equipa sanjoanense voltou a festejar, desta feita com a conquista da sétima Taça de Portugal consecutiva.

A final, realizada no passado dia 21 de julho, nas Caldas da Rainha, terminou com um empate (2-2) entre o CCD e o Capricho Setubalense, mas a vitória da equipa sanjoanense no primeiro tabuleiro, com Joaquim Silva a bater José Bray, acabou por ser decisiva para a conquista de mais este troféu. Na segunda mesa Justino Miguel vencia Medalha da Silva, enquanto Delfim Alves (3.º tabuleiro) e José Pereira (4.º tabuleiro) perdiam diante de Vítor Nédio e Arlindo Roda, respetivamente.

Para José Dias Pereira, responsável pela equipa sanjoanense, esta foi “uma final bastante difícil”, mas com este triunfo o Centro de Cultura e Desporto de S. João da Madeira assegura a conquista da oitava Taça de Portugal, sendo que esta é a sétima consecutiva.

Com a realização desta prova o Campeonato Nacional sofrer agora uma breve paragem, regressando a 1 de setembro com a realização do Open Nacional Srª dos Remédios, em Lamego.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui