AD Sanjoanense, 2 – SL Benfica, 3

Jogo no Pavilhão de desportos da AD Sanjoanense.

Árbitro: André Portal (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Bernardo Moreira, Tiago Almeida, Alexandre Barreira, Duarte Terra, Pedro Rego, Rúben Rocha, Ricardo Concepción, Bernardo Santos, Luís Filipe, Pedro Ferreira.
Treinador: Franklin Silva.

SL Benfica: Daniel Machial, Miguel Feio, Filipe Fernandes, João Maló, Xavier, Pinho, Frederico Lourenço, Tomás Cardoso, Miguel Grau, Paulo Duro, Diogo David.

Treinador: Hugo Lourenço.

Ao intervalo:1-2.

Marcha do marcador: 1-0 por Duarte Terra (10’), 1-1 por Diogo David (15’), 1-2 por Paulo Duro (24’), 1-3 por Miguel Feio (36’), 2-3 por Pedro Rego (42’).

Ação disciplinar: Cartão azul para Alexandre Barreira (8’), Duarte Terra (24’), Filipe Fernandes (42’).

Faltas: AD Sanjoanense, 6 | SL Benfica, 7.

Com a Sanjoanense já afastada da luta pelo título, após a derrota por 8-6 na jornada anterior na deslocação ao recinto do Física, os jovens alvinegros cumpriram, no sábado, frente ao Benfica, o último jogo do campeonato.

Num encontro em que o resultado em nada alterava o terceiro lugar já alcançado pelo conjunto de Franklin Silva, a Sanjoanense manteve a postura que a caracterizou ao longo de toda a época e com uma excelente exibição acabaria mesmo por assumir o comando do marcador com Duarte Terra a colocar os alvinegros em vantagem à passagem dos 10 minutos.

O Benfica viria a reagir e instantes depois Diogo David dava início à reviravolta, com Paulo Duro a confirmar a cambalhota no marcador já sobre o intervalo.

Com 11 minutos da segunda parte Miguel Feio aumentava a vantagem para os encarnados (1-2), diferença que Pedro Rego ainda reduziu, mas sem que a Sanjoanense conseguisse contrariar.

Com este triunfo o Benfica sagrou-se bicampeão de juniores.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui