Cerca de 220 agentes educativos refletem problemáticas do ensino dos dias de hoje nos Paços da Cultura

Assinalando a abertura do ano letivo 2018/2019, as Jornadas da Educação, organizadas pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, começaram ontem, quarta-feira, e continuam a decorrer hoje, nos Paços da Cultura.

Nesta que é a sua nona edição, a iniciativa camarária, desta vez subordinada ao tema “Pensar o Futuro, Educar Hoje”, conta com cerca de 220 participantes. Estes são maioritariamente docentes e educadores das escolas sanjoanenses, mas também muitos professores e técnicos de outros municípios que, neste evento anual, encontram espaço para responder às suas dúvidas a diversas problemáticas do ensino dos dias de hoje.

“São nove anos de história que trazem consigo experiências que pretendemos considerar, manter e preservar, pelo assinalável valor que incorporam”, afirmou a propósito, em exclusivo ao labor, a vereadora da divisão de Educação do Município.

“O tema, que enlaça, pela primeira vez, todas as intervenções que integram, neste ano letivo, as Jornadas da Educação “Pensar o Futuro, Educar Hoje”, tem em si a intenção de se criar um espaço e um tempo possibilitadores de reflexões conjuntas, por parte dos agentes educativos, que se possam traduzir em valor acrescentado num futuro que, queremos, seja melhor para todos os envolvidos no processo de ensino e de aprendizagem das crianças e dos jovens das nossas escolas”, prosseguiu Irene Guimarães, acrescentando: “É também um ponto de encontro para professores e educadores, funcionando como espaço de observação, de ponderação, de estudo, de discussão e de antevisão, envolvendo pessoas que pensam a educação e que gostam de a pensar”.

O perfil do aluno para o século XXI, a promoção da igualdade de género, as competências socioemocionais, a educação inclusiva e os benefícios da terapia dos sons para as crianças são algumas das temáticas que estão em discussão nesta edição.

As Jornadas da Educação são acreditadas nos termos do Despacho n.º 5741/2015 de 29 de maio, tendo contado este ano com a atuação, na abertura, de uma aluna da Academia de Música de S. João da Madeira e os coffee-breaksa cargo dos formandos do curso de formação profissional Serviços Gerais de Hotelaria da CERCI.

“Jornadas da Educação Dilma Nantes”

A abertura das Jornadas da Educação ficou marcada pela homenagem do presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira à ex-vereadora da divisão de Educação, Dilma Nantes, presente na sessão. Um gesto que já o seu antecessor Ricardo Figueiredo tinha tido no ano passado e que Jorge Sequeira quis repetir, porque, como disse na manhã da passada quarta-feira, “o que foi feito de bom no passado é para continuar a fazer, é para elogiar”.

Dilma Nantes foi quem há nove anos teve a “ideia maravilhosa” de organizar esta iniciativa, daí que, no entender do autarca sanjoanense, se as Jornadas de Educação tivessem um nome seria “Jornadas da Educação Dilma Nantes”.

Na ocasião, Jorge Sequeira ainda reiterou “o elogio público ao trabalho que os professores desenvolvem em prol da comunidade”, que fez aquando do último Festival de Teatro de S. João da Madeira, e “prestou contas”, digamos assim.

No início de mais um ano letivo, o líder camarário deu a conhecer as várias medidas que o executivo municipal vai implementar. Entre estas estão a continuidade da Assembleia Municipal Jovem; “estreia” do Programa F.O.R.A, Erasmus Municipal; TUS gratuito para todos os alunos; uma hora semanal de atividade física inserida no currículo (Expressão Física Motora); redução do amianto nas escolas; investimento na capacitação informática das escolas; contratação de uma empresa especializada para “fazer pequenas reparações no edificado” escolar, etc..

Programa

6 de setembro

Painel “Lendo, interpretando e recriando a história do aluno” (9h30 – 12h30)

Moderador: Joaquim Valente (diretor do Centro de Educação Integral)

– Perfil do aluno para o século XXI

Ana Paula Silva (Universidade Católica Porto)

– Educação inclusiva: novas orientações

Maria José Saragoça (Direção-Geral da Educação)

Painel “Construção de vínculos na sala de aula” (14h30 – 16h30)

Moderadora: Anabela Brandão (diretora do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite)

– Detetive emocional: identificar as necessidades emocionais

Sofia Soares Andrade

– Benefícios da terapia de sons para crianças

Nuno Cunha

Sessão de Encerramento (16h30) – Irene Guimarães (vereadora da Educação)

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui