A Junta de Freguesia e a Câmara Municipal de S. João da Madeira vão passar a partilhar a gestão do Parque de Nossa Senhora dos Milagres tal como dita o protocolo agora assinado entre as partes e que substitui o protocolo de transferência de responsabilidades do município para a junta de freguesia no que toca à gestão deste parque assinado em 1996.

A proposta de protocolo com a freguesia para a gestão partilhada do Parque de Nossa Senhora dos Milagres foi aprovada unanimemente na assembleia de freguesia de 25 de setembro.

Não sem antes Marco Fernandes, deputado da coligação PSD/CDS, chamar à atenção sobre a falta de intervenção em muitos espaços deste que é considerado o parque mais antigo de S. João da Madeira. A presidente da junta tomou conhecimento das chamadas de atenção, admitindo estar naquele preciso momento a tomar conhecimento de, pelo menos, duas delas. A saber o estado do piso e de alguns divertimentos do parque infantil e a manutenção e o encerramento do Parque Canino.

Este protocolo pretende “clarificar as águas” que é como quem diz as competências que passarão a ser da junta e da câmara na gestão deste espaço verde, indicou Helena Couto, destacando que sempre foi “adepta do diálogo”, mas nunca conseguiu chegar a um entendimento sobre este assunto com o anterior presidente de câmara Ricardo Figueiredo. Por isso, na altura, “queixei-me da falta de diálogo”, apontou Helena Couto como resposta à questão se não poderia ter chegado ao mesmo entendimento com a câmara anterior, liderada pela coligação PSD/CDS, colocada pelo deputado Marco Fernandes.

A proposta de protocolo de colaboração com a freguesia para o Programa Sénior Ativo foi aprovada unanimemente e a proposta de contrato de comodato com a freguesia para a instalação do Centro de Fisioterapia no Centro Coordenador de Transportes foi aprovada com a abstenção da CDU. A transferência do Centro de Fisioterapia para o Centro Coordenador de Transportes está prevista acontecer durante o mês de outubro, adiantou o gabinete de comunicação da freguesia ao labor.

As três propostas de protocolo vão ser submetidas à discussão e deliberação na assembleia municipal marcada para amanhã, dia 28 de setembro, pelas 21h15, na sala de sessões do Fórum Municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...