A Banda de Música de S. João da Madeira celebrou, no passado fim de semana, o 155.º aniversário. O ponto alto das comemorações deu-se, na noite do passado sábado, com um concerto dançante na Casa da Criatividade, perante uma plateia que esgotou o mais nobre espaço de espetáculos da cidade. Ao longo de quase duas horas, a Banda de Música de S. João da Madeira, dirigida pelo Maestro José Américo Belinha e a Filarmónica da Ressurreição de Mira, como banda convidada, dirigida pelo Maestro Ruben Henriques, tocaram e encantaram, fazendo do salão uma autêntica pista de dança. Durante o espetáculo, houve ainda tempo para o presidente da direção da Banda de Música, Adelino Calhau, agraciar alguns elementos que passaram pela instituição e agradecer, em jeito de discurso, todos quantos contribuíram para enriquecer toda a história daquela que é a mais antiga coletividade do concelho.

A efeméride prolongou-se ainda pela manhã do passado domingo,  com uma missa cantada e tocada pelos elementos da banda de música sanjoanense, na igreja matriz da cidade.

A mais antiga coletividade da cidade e do próprio concelho

A Banda de Música de S. João da Madeira foi fundada em 1863 de acordo com a data da escritura da Banda (7 de outubro de 1863), encontrada pelo Historiador Válter Santos na Torre do Tombo. Com fonte em antigos artigos, forma seus fundadores, o capelão de Santo António desta vila (atualmente cidade) e Manuel Dias Martins, industrial de chapelaria de S. João da Madeira.

É composta por cerca de 60 elementos, cuja média de idades ronda os 18 anos, onde a grande maioria frequenta a Escola de Música de Banda. Tem ainda sob a sua alçada uma Banda Juvenil, designada Orquestra Académica de S. João da Madeira.Esta Banda Centenária foi já agraciada com a Medalha de Ouro Município de S. João da Madeira no ano de 1993, e é a instituição mais antiga do concelho. O seu primeiro regente foi o italiano Badoni, residente no Porto. Além de participar em romarias e festas religiosas por todo o país, também já se apresentou em Festivais e Encontros de Bandas, destacando-se a participação no “XI Festival de Bandas de Música ”de Vila Nova de Cerveira em 2016, no “Concurso de Bandas Filarmónicas –S. João de Braga” nas Edições de 2016 e 2017 e no “XI Festival Hispanoluso de Bandas de Música y Ensembles de Viento” em Zamora – Espanha. Atualmente, e desde de Novembro de 2015, é dirigida e orientada pelo Maestro e Professor José Américo Ferreira Belinha.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui