Créditos: Direitos Reservados

O Ginásio Vilacondense foi o grande vencedor do 24.º Open Nacional de Damas Clássicas de S. João da Madeira, realizado no passado dia 6 de outubro. A prova, inserida nas comemorações dos 92 anos de Emancipação Concelhia, continua a ser uma das mais participadas do calendário, tendo juntado ao longo do dia mais de 90 damistas.

A jogar em casa, esperava-se mais do Centro de Cultura e Desporto de S. João da Madeira (CCD), mas a coletividade sanjoanense ficou-se pela segunda posição na classificação coletiva. O terceiro lugar foi ocupado pelo Seripipi Lisboa, e o quarto posto pela equipa B do CCD. De referir ainda a participação do Paris Tropical, de S. João da Madeira, que foi 14.º classificado, terminando à frente da formação C do Centro de Cultura e Desporto.

Individualmente o triunfo coube a Veríssimo Dias (Seripipi Lisboa), seguido do damista da casa Manuel Cardoso, na segunda posição. José Carlos Anjos (Ginásio Vilacondense) fechou o pódio seguido de Carlos Bastos, da equipa B do CCD, no quarto lugar. Justino Miguel (11.º), Amadeu Neves (17.º) e Joaquim Silva (18.º), completaram a classificação da formação principal da coletividade sanjoanense. Já José Dias Pereira (14.º), Joaquim Serrava (25.º) e Pedro Pereira (27.º), contribuíram para a quarta posição alcançada pelo CCD B.

Numa modalidade predominantemente masculina, de destacar a presença de algumas senhoras na prova, com Adelaide Coelho, no 76.º lugar, a conseguir o melhor resultado feminino, seguida de Glória Grilo (79.º) e Gilda Silva (80.º).

Paralelamente ao Open Nacional de Damas Clássicas de S. João da Madeira decorreu um Torneio de Jovens onde Daniel Cunha foi o grande vencedor. Tiago Paiva e Afonso Sandinha, respetivamente, na segunda e terceira posições, completaram o pódio.

Depois desta competição o Centro de Cultura e Desporto de S. João da Madeira marca presença, já no próximo fim de semana, no Open Nacional do Vai Avante – S. Pedro da Cova.

Créditos: Direitos Reservados
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui