A eficácia foi cruel

Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de Hóquei em Patins

0
55
Créditos: Direitos Reservados

CH Carvalhos, 4 – Sanjoanense, 2

Pavilhão dos Carvalhos, em Gaia.

Árbitros: Paulo Santos e Pedro Miguel Sousa (AP Porto).

CH Carvalhos: Rodolfo Sobral, João Campos “TT”, João Marques, Ricardo Ramos e Márcio Fonseca.

Suplentes: Pedro Guimarães, Rui Vidal, Diogo Cardoso, Vasco Casanova e Tiago Oliveira.

Treinador: Ricardo Geitoeira.

AD Sanjoanense: Tiago Rodrigues, Tiago Almeida, Pedro Cerqueira, José Almeida e Afonso Santos

Suplentes: Bernardo Moreira, João Cruz, Pedro Rego, Alex Mount e Duarte “Duda” Terra.

Treinador: Miguel Resende.

Ação disciplinar: Cartão azul para José Almeida (45’) e Márcio Fonseca (49’).

Faltas: 13-15.

Marcha do marcador: 1-0 por João Marques 5’, 2-0 por Tiago Oliveira 23’, 2-1 por José Almeida 27’, 2-2 por José Almeida 32´, 3-2 por Rui Vidal 40’, 4-2 por Tiago Oliveira 42’.

A Sanjoanense entrou com uma derrota (injusta), por 4-2, frente aos Carvalhos, no Campeonato Nacional da II Divisão – Zona Norte – de Hóquei em Patins. Os alvinegros criaram várias e variadas oportunidades, remataram mais, tiveram alternados lances de perigo, mas encontraram um Rodolfo Sobral, guarda-redes dos locais, inspiradíssimo e que foi, no fundo, o melhor jogador em campo, embora a Sanjoanense em nada se possa queixar da exibição do seu guardião, Tiago Rodrigues, que também rubricou uma excelente prestação.

A Sanjoanense começou mais perigosa e teve nos sticks de quase todos os jogadores ocasiões para marcar. Contudo, acabou por ser a equipa dos Carvalhos a inaugurar o marcador, por intermédio de João Marques, que aproveitou uma descompensação defensiva dos homens da capital do calçado. Os alvinegros não desmoralizaram e voltaram à carga mas, num lance infeliz de João Cruz, que, involuntariamente, introduziu a bola na própria baliza, o Carvalhos chegou ao 2-0, um resultado de todo injusto para o que a Sanjoanense tinha produzido no primeiro tempo.

A entrada na etapa complementar foi demolidora e, em sete minutos, José Almeida, com um bis, fez o 2-2. O encontro partiu-se e jogou-se num ritmo frenético de parada e resposta com a Sanjoanense a continuar a desperdiçar oportunidades. A sorte acabou por sorrir aos Carvalhos que, em dois minutos, matou praticamente a partida, sendo que o 4-2 voltou a ser um golo fortuito.

Até ao final o conjunto de Miguel Resende procurou reduzir e chegou, nos instantes finais, a sufocar os Carvalhos, mas o golo não apareceu e os três pontos ficaram em casa. Nota, ainda, para uma arbitragem pouco feliz com claro prejuízo para a Sanjoanense que bem se pode queixar de, pelo menos, dois lances claros de grande penalidade por assinalar e da agressividade excessiva do Carvalhos não sancionada com faltas. Segue-se, na próxima jornada, o Lavra, partida agendada para este sábado às 17h30 no Pavilhão dos Desportos.

Outros resultados

Seniores Femininas – Taça de Aveiro/Coimbra 1ª Mão

Académica, 1 – AD Sanjoanense, 2


Golos: Joana Rodrigues (2)

Seniores Femininas – Taça de Aveiro/Coimbra 2ª Mão

AD Sanjoanense, 3 – Académica 5 (Agregado: 5-6)

Golos: Daniela Silva, Inês Carvalho “Né” e Sara Fernandes

Sub-20 – Torneio de Abertura APA/APC

CENAP, 3 – AD Sanjoanense, 10

Golos: Alex Barreiros (2), Diogo (2), Tiago Gaspar (2), Gonçalo Ribeiro, Kevin, Luís Filipe e Ricardo Concepcion

Sub-17 – Campeonato Regional APA/APC

CENAP, 2 – AD Sanjoanense, 1

Golo: Pedro Nuno

Sub-15 – Campeonato Regional APA / APC

AD Sanjoanense, 10 – AF Arazede 0

Golos: Vítor Batista (5), João Pereira (2), Tiago Almeida, Tomás Ferreira e Tomás Rocha

Sub-15 – Campeonato Regional APA / APC

AD Sanjoanense B, 1 – Académica, 8

Golo: Maria André Teixeira

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui