Créditos: Direitos Reservados

Boavista FC, 3 – D. Sanjoanense, 3

Jogo no Pavilhão da Esc. Sec. Fontes Pereira de Melo.

Árbitros: Ricardo Dias e Paulo Gomes.

Boavista FC: André Gonçalves, Jorge Mendes, Rui Baltar, Pedro Rodrigues, Nuno Carvalho.

Suplentes: Hugo Silva, Luís Mouta, Sílvio Moreira, José Soares, Joãozinho, Saraiva, Pedro Andrade.

Treinador: Eduardo Carvalho.

Dínamo Sanjoanense: Francisco Leitão, Jorge Ribeiro, Rui Rodrigues, Pedro Sousa, Nelson Oliveira.

Suplentes: Rui Brandão, Miguel Moreira, João Oliveira, Leandro Estrela, Xavier Moreira, Fábio Pereira, Daniel Silva, Pedro Tomasio.

Treinador: Luís Almeida.

Ao intervalo: 2-1.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Francisco leitão (13’), Pedro Sousa (19’), Xavier Moreira (36’).

Marcha do marcador: 1-0 por Sílvio Moreira (11’), 1-1 por Rui Rodrigues (13’), 2-1 por Luís Mouta (14’), 2-2 por Francisco Leitão (22’), 3-2 por Rui Baltar (35’), 3-3 por Leandro Estrela (39’).

O confronto com o Boavista, líder da série C, não se previa fácil para o Dínamo Sanjoanense, mas com uma excelente atitude os homens de S. João da Madeira conseguiram “roubar” o primeiro ponto aos axadrezados nesta época com um golo de Leandro Estrela já nos últimos segundos da partida.

O Dínamo Sanjoanense até entrou bem no jogo, mas Sílvio Moreira, com um remate à meia volta, à passagem dos 11 minutos, colocava os locais na frente do marcador. A desvantagem não afetou os visitantes e a reposta surgiu pouco depois com Rui Rodrigues a repor a igualdade aproveitando uma defesa incompleta do guardião local após um forte remate de Francisco Leitão. O empate, no entanto, foi de pouca dura já que no minuto seguinte, num lance de bola parada, Luís Mouta coloca novamente os axadrezados no comando do marcador, resultado com que se chegaria ao intervalo.

Na segunda parte o equilíbrio manteve-se, mas aos 13 minutos Francisco Leitão aproveita uma falha a meio campo da defensiva local para recuperar a bola e isolado não teve dificuldades para bater o guardião Hugo Silva.

Com o jogo ao rubro, o Boavista acabaria por voltar novamente à liderança (3-2) instantes depois, com Rui Baltar a responder da melhor forma a um excelente passe de um colega de equipa, mas já no último minuto do encontro, e quando o resultado parecia fechado, Leandro Estrela desvia para o fundo das redes um cruzamento rasteiro de Xavier Moreira e restabeleceu a igualdade a três bolas.

A 3 de novembro o Dínamo tem mais um jogo difícil, desta feita recebendo, pelas 17h00, a formação do Nelas.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui