AD Sanjoanense, 2 – SC Coimbrões, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Rui Mendes, auxiliado por Afonso Silveira e Adriano Sousa (AF Santarém).

AD Sanjoanense: Fábio, Castro, Ken, Almeida, Cauê, Syszi, Agustin (Coulibaly, int), Kay Kay, Caleb, Rafa (Martin, 78’), Terrence (Daniel, 84’).

Suplentes: Ivo, Ivandro, Rúben, Gazela, Daniel, Coulibaly, Martin.

Treinador: Nuno Costa.

SC Coimbrões: Igor, Pedrosa, Joel (Podstawski, 72’), Lucas, Hélio, Pedro Tavares, Silva (Clever, 42’), Chico, Miguel Cunha (Miguel Soares (72’), Mota, Tomás.

Suplentes: João, Bruno, Clever, Podstawski, Barbosa, Miguel Soares, Nunes.

Treinador: José Bizarro.

Ao intervalo: 0-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Syszi (45’), Kay Kay (67’), Pedro Tavares (71’), Hélio (77’), Ken (80’).

Marcha do marcador: 1-0 por Kya Kay (50’), 1-1 por Lucas (53’), 2-1 por Terrence (62’).

Depois de uma série de três derrotas consecutivas, a Sanjoanense regressou aos triunfos no último fim de semana, frente ao Coimbrões, encontro que também marcou a estreia de Fábio Santos na baliza alvinegra depois da saída do guardião Cristiano.

Com uma primeira parte com poucas oportunidades e nem sempre bem jogada, o primeiro lance de perigo pertenceu aos locais quando, pouco depois dos primeiros 10 minutos, numa rápida jogada de ataque, Castro viu Pedrosa desviar o remate em cima da linha de golo. Já do lado do Coimbrões as ocasiões também foram escassas, mas ainda antes da meia hora os visitantes poderiam ter feito estragos não fosse a pronta intervenção de Castro a uma jogada que apanhou a defensiva alvinegra descompensada.

O intervalo foi benéfico para os locais, que regressam com outra postura e de olhos postos nos três pontos e deixaram isso bem vincado logo nos minutos iniciais. Kay Kay foi o primeiro a ameaçar com um cabeceamento a sair por cima da barra e de imediato é Caleb que responde da melhor forma a um cruzamento e atira forte contra a trave.

Das ameaças à concretização não demorou muito e aos 50 minutos é o sul africano Kay Kay que aproveita um excelente passe para levar a melhor sobre a defensiva adversária e, praticamente sem oposição, bate Igor.

O golo não causou mossa ao Coimbrões, que não demorou a reagir e três minutos volvidos restabelece a igualdade na sequência de um livre, batido para o interior da área, que Lucas acabou por desviar para o fundo das redes.

A melhor resposta ao golo da igualdade foi dada em campo e surgiu já depois da última meia hora, com Terrence a aproveitar uma excelente combinação e com uma arrancada rápida à entrada da área remata forte e sem hipótese para o guardião visitante.

Com a vantagem os locais galvanizaram-se e por duas vezes estiveram perto do terceiro por Kay Kay e Caleb, mas o marcador não voltaria a sofrer mais alterações.

Com este resultado a Sanjoanense regressou aos lugares cimeiros da classificação, enquanto o Comilões caiu para os lugares de despromoção.

A próxima jornada deverá ser de grande dificuldade para os alvinegros que se deslocam à Gafanha da Nazaré para defrontar a formação local, que ocupa a segunda posição.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui