O novo livro de Acácio Gomes foi apresentado por Jorge de Andrade e Andreia Sousa Martins no dia 9 de novembro, pelas 17h30, no salão paroquial de Mosteirô.

O primeiro parágrafo de “Mosteirô, uma aldeia e muitas histórias” começa assim: “1956. São sete da manhã de um dia invernoso cheio de chuva, vento e frio. Pela estrada acima no alto de Agoncida, homens, mulheres e crianças dirigem-se na sua grande maioria a São João da Madeira para um dia de trabalho nas fábricas e estaleiros.”.

Este novo livro de Acácio Gomes “procura retratar o que foi a vida das gentes de Mosteirô ao longo dos tempos, especialmente durante os séculos XIX e XX, através de histórias de personagens reais que ali viveram, desde o Ti Alfredo Leiloeiro, ´o homem que nos fazia rir´, ao General Sousa Brandão, construtor dos caminhos de ferro portugueses, defensor das classes laboriosas e fundador do Partido Republicano”, descreve o próprio autor, revelando que no mesmo é possível encontrar “alguma informação sobre a história de Mosteirô, cuja primeira referência data de há mil anos quando a condessa de Portucale, Ilduara Mendes, doou o mosteiro de Proselha ali existente, de monjas beneditinas, ao abade Fraiulfo”.

Acácio Gomes nasceu em Agoncida, Mosteirô, Vila da Feira, Acácio Gomes e é consultor de comunicação e imagem. Foi jornalista de economia e finanças no semanário “Expresso”, diretor da revista “Inforbolsa”, editor do programa da RTP “Bolsa e Negócios”, comentador económico da RTP e da Antena 1 e colunista do “Semanário Económico”. Também é autor de “Os Soldados do PREC” (1977), “Os Países de Leste perante a Crise” (1980) e Coordenador e coautor do “Guia da Bolsa” portuguesa (1987).

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui