AD Sanjoanense, 5 – HA Cambra, 1

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: António Santos e Manuel Oliveira (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Tiago Rodrigues, Alex Mount, Tiago Almeida, Pedro Cerqueira, Afonso Santos.


Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount, João Cruz, Pedro Rego, Xavier “Xavi” Cardoso, José Almeida.
Treinador: Miguel Resende.

HA Cambra: David Nogueira, Alfredo Nogueira, Nuno Maia, Miguel Oliveira, Gil Vicente.

Suplentes: Ricardo Pereira, Tiago Tavares, Tiago Pinho, Pedro Lopes, Luís Pinho.

Treinador: Fernando Almeida.

Ao intervalo: 0-1.

Marcha do marcador: 0-1 por Gil Vicente (22’), 1-1 por Afonso Santos (28’), 2-1 por Xavi Cardoso (35’), 3-1 por Alex Mount (37’), 4-1 por Pedro Rego (40’), 5-1 por João Cruz (49’).

Ação disciplinar: Cartão azul para Gil Vicente (26’), Nuno Maia (35’), José Almeida (47’), Luís Pinho (49’).

Faltas: AD Sanjoanense, 20 | HA Cambra, 21.

A goleada da semana passada, frente ao Juventude Pacense, marcou o regresso dos alvinegros às vitórias depois de dois jogos consecutivos a dividir pontos (CD Póvoa e Valença HC) e nesta última jornada a Sanjoanense manteve o ritmo e impôs também uma pesada derrota (5-1) à formação de Vale de Cambra, que acabou ultrapassada na tabela classificativa pelo conjunto de S. João da Madeira.

Face ao resultado, o jogo até parece ter sido fácil para os alvinegros, mas uma primeira parte menos conseguida dos homens de Miguel Resende fez com que os visitantes chegassem ao período de descanso em vantagem, com Gil Vicente a aproveitar um livre direto, a três minutos do intervalo, na sequência da décima falta dos locais, para abrir o marcador.

O resultado era magro mas poderia ter sido bem diferente, já que pelo meio Pedro Cerqueira falhou uma grande penalidade e João Cruz um livre direto, enquanto o Cambra viu uma bola embater no ferro da baliza de Tiago Rodrigues.

Na segunda parte a Sanjoanense entrou com outra atitude e com apenas três minutos Afonso Santos dava início à reviravolta, já depois de Pedro Cerqueira ter falhado mais um lance de bola parada. Pouco depois os alvinegros distanciavam-se no resultado marcando por três vezes em apenas cinco minutos. Primeiro foi Xavi Cardoso que se estreou a marcar, e depois contribuiu para o terceiro dos locais apontado por Alex Mount. O inglês quis repetir e pouco depois, num contra-ataque isolado, atira para a defesa de David Nogueira, mas a bola sobra para Pedro Rego que, sem oposição, fez o 4-1.

O Cambra tentou reagir e por diversas vezes levou o perigo à baliza alvinegra, mas uma excelente exibição de Tiago Rodrigues manteve a vantagem dos locais, que a dois segundos do final fecharam o resultado por intermédio de João Cruz, na conversão de um livre direto.

Com este triunfo a Sanjoanense subiu à terceira posição e ultrapassou o Cambra, que caiu para o quinto lugar.

No próximo fim de semana os alvinegros têm um jogo teoricamente acessível com a deslocação a Coimbra para defrontar a Académica, que ocupa o penúltimo lugar da classificação.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui