Dínamo Sanjoanense, 4 – ADC S. Mateus, 7

Jogo no Pavilhão das Travessas

Árbitro: Rúben Rocha e Hugo Mendes.

Dínamo Sanjoanense: Francisco Leitão, Fábio Pereira, Pedro Sousa, Daniel Silva, Pedro Tomásio.

Suplentes: Miguel Moreira, João Oliveira, Pedro Coelho, Leandro Estrela, Xavier Moreira, Jorge Ribeiro, Rui Rodrigues, Nelson Oliveira.

Treinador: Luís Almeida.

ADC S. Mateus: Diogo Amaral, Rui Rego, João Andrade, Pedro Ferreira, André Ferreira.

Suplentes: Tiago Neves, Marafona, Paulo Andrade, João Fernandes, Henrique Antunes, Renato Pereira, Bruno Lima, Vítor Couto.

Treinador: Flávio Pinto.

Ao intervalo: 0-3.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pedro Sousa (34’), Rui Rodrigues (39’)

Marcha do marcador: 0-1 por Paulo Andrade (9’), 0-2 por Paulo Andrade (11’), 0-3 por Rui Rego (12’), 0-4 por Marafona (22’), 0-5 por Diogo Amaral (26’), 1-5 por Leandro Estrela (31’), 1-6 por André Ferreira (32’), 2-6 por Pedro Sousa (34’), 2-7 por Rui Rego (37’), 3-7 por Jorge Ribeiro (38’), 4-7 por Rui Rodrigues (39’).

Uma pesada derrota por 4-7 afastou o Dínamo Sanjoanense da terceira eliminatória da Taça de Portugal e serviu de tónico para a formação visitante, que vinha de uma série de quatro derrotas consecutivas.

A jogar em casa, este era um jogo ao alcance da equipa liderada por Luís Almeida, mas o conjunto de S. João da Madeira acabou surpreendido pelo futsal dos homens de Famalicão, que ao intervalo já venciam por 3-0. Dois golos de Paulo Andrade e um de Rui Rego, ainda antes do quarto de hora, davam alguma tranquilidade à equipa de S. Mateus para a segunda parte.

Na etapa complementar entrou melhor a formação visitante, que em pouco mais de cinco minutos colocou o marcador nos 0-5. A resposta do Dínamo surgiu à passagem da meia hora por intermédio de Leandro Estrela, mas André Ferreira repôs de imediato a contagem, para, dois minutos depois, Pedro Sousa voltar a diminuir a diferença (2-6).

Com o encontro a aproximar-se do final Rui Rego bisa e aumenta ainda mais a distância no marcador. Jorge Ribeiro e Rui Rodrigues ainda aproximaram o Dínamo com dois golos nos últimos minutos, mas com a diferença no resultado a vitória acabaria por ficar com os visitantes.

No próximo dia 24 de novembro o Dínamo volta a jogar em casa, desta feita com o Ossela, para cumprir a oitava jornada do Nacional da 2.ª Divisão.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui