Créditos: Direitos Reservados

Depois de um fim de semana negativo para a APROJ, que terminou sem qualquer vitória, o último acabou por se revelar positivo para a coletividade sanjoanense, ainda que um dos escalões não tenha tido argumentos para contrariar o voleibol da formação adversária. Em destaque esteve a equipa de cadetes na deslocação a Gondomar. Num jogo de sentido único, a APROJ não deixou a formação da Ala de Gondomar organizar o seu side-out e manteve em todos os sets uma eficácia positiva no seu serviço e contra-ataque.

Com alguma tranquilidade, as atletas de Cláudio Laranjeira estiveram bem organizadas defensivamente, conseguindo distanciar-se no marcador ao jogar sem muita pressão e ao concretizar, de forma efetiva, as suas oportunidades de contra-ataque.

De sublinhar também a boa prestação da equipa de minis B da APROJ, que marcou presença na segunda volta do Torneio de Natal da Associação de Voleibol do Porto e de onde regressou com um quarto lugar, à semelhança do que aconteceu na primeira etapa da competição.

Defrontando as mesmas equipas, a formação sanjoanense conseguiu arrebatar três vitorias e uma derrota na primeira fase. Nas meias finais voltou a medir forças com o EGC, equipa com a qual acabaria por perder. Contudo, a APROJ deu alguma réplica, permitindo que o diferencial não fosse tão dilatado como no encontro anterior.

Já na disputa pelo terceiro e quarto lugares, a turma sanjoanense não conseguiu manter o mesmo desempenho dos jogos anteriores e acabou por ceder perante o CCV. “Neste momento os resultados não são o mais importante. A formação está acima disto tudo e as atletas estão a crescer a passos largos. Estão todos de parabéns, mas existem ainda alguns aspetos a melhorar”, destacou o treinador da equipa, Miguel Veloso.

Por sua vez, esperava-se um fim de semana difícil para o escalão de iniciadas da APROJ. Perante um adversário bem organizado e muito experiente, a equipa comandada por Filipa Monteiro conseguiu fazer frente ao forte serviço do Arcozelo, mas a desconcentração por parte da equipa sanjoanense contribuiu para que a partida não tivesse corrido melhor. Ainda assim, a treinadora da APROj considera que o resultado desta jornada “é mais positivo do que o jogo da primeira volta”, o que aponta para uma “clara melhoria” das atletas de S. João da Madeira desde o arranque da temporada.

No próximo fim de semana as equipas da APROJ estão de regresso à competição com as cadetes a receberem, pelas 15h00, o Arouca, enquanto as iniciadas medem forças com o Clube de Voleibol de Aveiro, às 11h00.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui