APICCAPS apresenta livro dos 10 anos da “Indústria mais Sexy da Europa”

0
66
FA

O lançamento do livro “Portuguese Shoes – 10 years of the sexiest industry in Europe” é apenas a primeira das iniciativas levadas a cabo entre a Livraria Lello e a APICCAPS

A icónica livraria portuense Lello serviu de palco, no passado dia 12 de dezembro, para a apresentação do livro “Portuguese Shoes – 10 years of the sexiest industry in Europe”. Ao longo de 160 páginas, as imagens captadas pela lente do fotógrafo Frederico Martins e protagonizadas pelos melhores modelos portugueses da atualidade como Sara Sampaio, Sharam Diniz, Ruben Rua, Maria Clara, Francisco Henriques (“Kiko”), Isilda Moreira, Luís Borges, entre outros manequins, e a atriz Vitória Guerra, recordam todas as campanhas desenvolvidas pela APICCAPS na última década.

No prefácio, Marcelo Rebelo de Sousa considera o calçado “um dos exemplos de reinvenção de uma indústria tradicional”. “Quem investe, produz, trabalha e negoceia no setor português de calçado sabe bem que foi necessário muito esforço e engenho para conseguir dar a volta através, por exemplo, da inovação de processos, tecnologia ou de modelo de negócios, bem como da moda e do design”, disse. Na mesma linha de pensamento, António Costa, primeiro-ministro, sublinha que se trata de “uma indústria tradicional que se soube reinventar, juntando a invocação produtiva ao design, a qualidade do produto à promoção externa”.

FA

Neste evento dedicado à moda do setor do calçado, os administradores da Livraria Lello, Aurora Pedro Pinto e José Manuel Lello e o presidente da APICCAPS, Luís Onofre, bem como João Correia Neves, novo secretário de Estado da Economia, rubricaram um protocolo que prevê, sobretudo, que todos os livreiros da mais famosa livraria do país passem a calçar português. A marca escolhida, neste primeiro momento, foi a Nobrand. Mas os acordos não ficam por aqui. Adicionalmente, no próximo ano, uma das montras da livraria, por onde têm passado milhares de turistas ao longo do ano, será dedicada ao calçado português. Acresce que a próxima coleção de livros de clássicos da Livraria Lello – The Collection  – será “vestida” pela APICCAPS.

De acordo com Aurora Pedro Pinto, “a Livraria Lello cumpre a sua missão ao ser uma montra do que de mais belo Portugal produz, cuidando e sintonizando sustentavelmente com o Portugal contemporâneo que somos e, que por “não termos medo de existir”, valoriza o seu passado, reinterpretando-o a cada dia”.  “Ser Livraria Lello é, pois, numa palavra, querer viver já hoje o Futuro, transportando-lhe todo o nosso passado” e será “esta missão que nos une tão coerentemente ao calçado português e, naturalmente, à APPICAPS”. De acordo com a Administradora da Livraria Lello “ambos sintonizamos qualidade, inovação e sedução com o nosso tempo. Ambos, diversificamos e ampliamos as relações que estabelecemos com os nossos clientes de sempre e com os seus novos clientes que procuram o que de Portugal tem de mais sexy”.

Por sua vez, Luís Onofre afirmou que os responsáveis da indústria do calçado pretendem “elevar o sapato a objeto de arte”. Conhecido também como um dos mais famosos designers de calçado do país, Luís Onofre acrescentou ainda que “como presidente da APICCAPS, impõe-se que relembre que o desempenho do calçado português é, sobretudo, mérito das empresas e dos empresários que concebem as coleções, que produzem, que infatigavelmente percorrem os mercados internacionais em busca de clientes. Mas, como empresário, falando com a objetividade de quem só recentemente assumiu a liderança da associação, devo reconhecer que o trabalho da APICCAPS – nomeadamente no domínio da imagem e da promoção que celebrámos neste livro – constituiu uma alavanca muito importante para o nosso sucesso”, considera Luís Onofre. “A campanha Portuguese Shoes mudou a imagem do calçado português nos mercados internacionais. Para muito melhor. Aliás, não só do calçado: a própria imagem coletiva do país beneficiou com o dinamismo, irreverência e modernidade, mas também com a “portugalidade”, que marcam os Portuguese Shoes.

Não custa registar que o emblemático espaço, situado junto aos Clérigos, onde foi servido um “coffee table book” especial, tornou-se pequeno para receber tantos convidados, entre eles empresários do setor, designers de moda, modelos e políticos da nossa praça.

FA
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui