Concurso de Montras de Natal dá cor às “ruas tristes” do comércio

0
105
DF

Terceira edição desta iniciativa da Associação Comercial conta com cerca de 45 participantes

O número de participantes diminuiu em comparação a 2017 (cerca de 60), mas ainda assim é maior do que o da primeira edição (37). Este ano, participam no Concurso de Montras de Natal da Associação Comercial de S. João da Madeira (ACSJM) perto de 45 estabelecimentos comerciais de todo o concelho, “uma participação dentro das expetativas”, no entender de Paulo Barreira.

Note-se que, conforme esclareceu o presidente da ACSJM ao labor, além de gratuita, a inscrição nesta iniciativa natalícia não é exclusiva dos associados da ACSJM. Ou seja, todos os interessados podem concorrer, devendo apenas, para o efeito, enviar um email para acsjmgeral@gmail.comcom a denominação da empresa, a morada e o nome do responsável.

Votação termina no próximo dia 30, resultado é divulgado até 7 de janeiro

Ao nosso jornal, o líder associativo adiantou, de igual modo, que numa primeira fase, neste momento a decorrer, as fotografias de todas as montras concorrentes são publicadas na página do Facebook https://www.facebook.com/acsjm.pt/). Numa fase seguinte, são selecionadas 10 por um júri composto por um(a) vitrinista, um(a) designer e duas pessoas da comunidade, “que avalia segundo um conjunto de critérios predefinido”. Além disso, o número de “likes” na foto de cada uma delas também tem um peso de 20% na escolha. Por último, destas 10 é escolhida uma.

A votação encerra dia 30 de dezembro e o resultado é conhecido até 7 de janeiro, sendo que o prémio, desta vez, é um fim de semana num hotel em Portugal Continental.

Iniciativa incentiva à compra no comércio de rua

O Concurso de Montras de Natal é “mais uma ferramenta” de que a Associação Comercial de S. João da Madeira, em colaboração com os comerciantes, faz uso para “dar uma mãozinha” ao negócio do comércio de rua. É igualmente, segundo Paulo Barreira, “uma forma de tornar as ruas mais coloridas e atrativas”, “ruas que geralmente são ruas tristes”.

Recorde-se que o primeiro prémio da primeira edição foi entregue à Farmácia da Praça, o segundo à Óptica David e o terceiro à Orquídea Florista. Já a segunda edição foi ganha pela loja de vestuário para bebé e criança “Le Petit Pompon, enquanto a “Chikiliz” ficou em segundo lugar, conforme o jornal divulgou oportunamente.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui