Formação portuense inspirada bate Sanjoanense

XVI Campeonato da Proliga - Zona Norte

0
31

SC Vasco da Gama, 91 – AD Sanjoanense, 80

Jogo no Parque das Camélias, no Porto.

Árbitros: Diogo Martins e Frederico Maia.

AD Sanjoanense: Jerry Karczewski (16), Hélder Gomes, Sílvio Rodrigues (19), Eduardo Guimarães (7), André Dara (13), Guilherme Oliveira, Miguel Reis, Pedro Azevedo (10), José Teixeira (2) e Sergi Coll (13).
Treinador: Sérgio Salvador.

SC Vasco da Gama: Gonçalo Teixeira (12), Ivo Coutinho (3), Pedro Terroso (6), Paulo Vieira (7), Sandro Madureira (5), José Cardoso (3), Ruben Nobre (8), Guilherme Sequeira (22), Filipe Ferreira (21), João Veludo (4), Marco Fonseca e Francisco Teixeira.

Treinador: Manuel Romão.

Ao intervalo: 38-36.
Parciais: 16-15; 22-21; 19-27; 34-17.

A Sanjoanense deslocou-se ao sempre difícil pavilhão do Vasco da Gama para cumprir, frente à formação local, a 10.ª jornada da primeira fase da Proliga. Frente a um adversário que, até então, contava apenas com duas vitórias na competição, a última alcançada na jornada anterior frente ao líder da Zona Norte, o Sampaense, não se esperavam facilidades para o conjunto alvinegro. De referir que o piso do recinto de jogo estava húmido e chovia em algumas partes, situação que condicionou o basquetebol de ambas as equipas.

A primeira parte acabou por se revelar muito equilibrada. Com ambas as equipas a apostarem no lançamento exterior, com Sílvio Rodrigues particularmente inspirado nesse capítulo, nenhuma das formações conseguiu superiorizar-se à outra e ao intervalo apenas dois pontos separavam os dois conjuntos, com vantagem para o Vasco da Gama.

No terceiro período os alvinegros estiveram muito bem, conseguindo marcar 27 pontos em consequência da maior utilização do jogo interior, onde era claramente mais forte que o adversário, e à entrada para os últimos 10 minutos a Sanjoanense contava com uma vantagem de seis pontos.

No último quarto os homens da casa revelaram o seu caráter, entregando-se totalmente ao jogo, mostraram estar numa noite inspirada no lançamento de três pontos, onde concretizaram 19 lançamentos o que equivale a 57 pontos, um recorde da equipa nesta época.

A formação da Sanjoanense mostrou-se incapaz de parar o adversário e os 34 pontos sofridos neste período ditaram a derrota. A dupla de arbitragem não esteve feliz neste jogo, assinalando diversas faltas anti-desportivas aos alvinegros sem que isso se justificasse.

Este jogo fica também marcado pela estreia de Guilherme Oliveira pelos seniores da Sanjoanense, mais um produto da escola do clube, que conta com uma tradição no basquetebol nacional.

No próximo dia 22 de dezembro a Sanjoanense desloca-se a Oliveira do Hospital para defrontar, pelas 16h00, a equipa do Sampaense.

Agenda

Seniores masculinos

Sampaense Basket-Sanjoanense

Dia 22, às 16h00, Ol. Hospital

Seniores femininos

Sanjoanense-CLIP

Dia 22, às 21h00, Pavilhão Paulo Pinto

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui