Pedro Silva pediu suspensão de funções 

0
102

O presidente Jorge Sequeira decidiu, para já, não prestar declarações sobre este assunto

O vereador Pedro Silva, responsável pelas áreas do Desporto e da Juventude, afirmou ao labor que enviou no dia 26 de dezembro por correio uma carta a solicitar a suspensão de funções, de 3 de janeiro a 30 de agosto de 2019, e no dia seguinte, 27, por e-mail para o presidente da câmara.

O principal objetivo de Pedro Silva ao suspender as funções como vereador até ao final do ano letivo 2018/2019 é que seja possível, durante este período de tempo, resolver o seu problema de acumulação de funções com o Ministério da Educação e só depois voltar a assumir o cargo no executivo camarário. 

“Até resolver o problema, não é possível continuar na vereação”, garantiu Pedro Silva considerando não serem compatíveis o horário e as tarefas da escola com as de vereador.

Apesar de suspender as funções de vereador na área do Desporto e da Juventude, Pedro Silva destacou o apoio que tem sentido por parte de pessoas ligadas a estas áreas e o trabalho desenvolvido desde que iniciou funções, a meio tempo, em 2017.

Quando confrontado com a possibilidade de vir a assumir o cargo de vereador a tempo inteiro, Pedro Silva não descarta essa hipótese, mas pretende deixar a discussão da mesma retida até que “o presidente se pronuncie” sobre o envio da sua carta de suspensão de funções até ao fim do ano letivo.

O presidente da câmara, Jorge Sequeira, decidiu para já não prestar declarações sobre este assunto, respondeu o gabinete de comunicação do Município ao pedido de reação e informação enviado pelo labor.

O nosso jornal tentou obter junto de Jorge Sequeira uma reação ao pedido de suspensão de funções de Pedro Silva, saber quem irá substituí-lo até ao dia 30 de agosto e se pondera passar o vereador a tempo inteiro e, assim, resolver a incompatibilidade de acumulação de funções.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui