Quatro prémios de escrita para o Agrupamento João da Silva Correia

0
111
DR

Durante o ano letivo transato, decorreu a nível nacional um concurso de escrita criativa em 77 palavras exatas, promovido pelo Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e subordinado ao tema “discriminação racial”.

Concorreram cerca de 560 trabalhos, 17 dos quais do Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, da autoria de alunos dos 4.º, 6.º, 8.º, 10.º e 11.º anos e ainda das professoras Ana Paula Oliveira e Helena Freire que, tendo concorrido com dois textos cada uma, incentivaram e acompanharam os alunos participantes na criação dos seus textos, refere nota informativa remetida ao labor.

O comunicado adianta ainda que, no passado dia 17 de dezembro, na presença da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, e da secretária de Estado para a Cidadania, Rosa Monteiro, foram divulgados os premiados. A saber: um primeiro lugar para a aluna Filipa Almeida (1.º escalão) e três menções honrosas para as alunas Isabel Gonçalves (2.º escalão), Bruna Gomes (3.º escalão) e professora Ana Paula Oliveira (4.º escalão).

A participação nesta atividade, além de permitir o desenvolvimento de competências de escrita, foi também um exercício de cidadania, uma forma de fazer olhar o mundo e de promover a interculturalidade e o combate à discriminação racial, acrescenta a nota de imprensa recebida pelo nosso semanário.

O ACM pretende, em breve, publicar um livro com todos os textos galardoados bem como divulgá-los em plataformas digitais, em redes sociais e no blogue http://77palavras.blogspot.ptda autoria da escritora Margarida Fonseca Santos, mentora do projeto “Histórias em 77 palavras”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui