Créditos: Direitos Reservados

ADS/Clínicas CMP, 29 – CD S. Bernardo, 28

Jogo no Pavilhão das Travessas.

Árbitros: Fábio Gonçalves e João Vinagre.

ADS/Clínicas CMP: Ricardo Gaspar, Alexandre Dias, Francisco Silva, Luís Martins, Alan Silva, Guilherme Novo, Fabian Scheck, Ricardo Pinho, Bruno Castro, Tiago Antunes, Rui Rodrigues, Alexandre Relvas, Bruno Pinho, Alberto Silva, Miguel Coutinho.

Treinador: Herlander Silva.

CD S. Bernardo: João Gonçalves, Rafael Silva, Fábio Bastos, Artur Duarte, Hélder Carlos, João Saraiva, Jonas Alves, Márcio Fernandes, Jorge Justino, Gonçalo Leite, Nuno Neto, Fernando Marques, David Gomes, Leonardo Rodrigues, Diogo Liberato, Diogo Feijo.

Treinador: João Alves.

Ao intervalo: 15-13.

Com a Sanjoanense na liderança da classificação, mas com apenas quatro pontos de vantagem sobre o então segundo classificado, o S. Bernardo, este era um jogo de nervos, mas os locais entraram bem na partida conseguindo cedo uma vantagem de dois golos que se manteve praticamente até aos 20 minutos, altura em que os forasteiros empataram a partida. Isso foi o mote para 10 minutos muito bons dos locais e apenas um remate a rasar o poste impediu que os alvinegros fossem para o intervalo a vencer por três golos de vantagem (15-13).

Na segunda parte a Sanjoanense entrou forte e com mais três golos rapidamente colocou o marcador nos 18-13. Quando tudo parecia encaminhado para uma vitória tranquila, uma série de erros individuais e várias bolas nos postes desnortearam os homens da casa, que se viram a perder por dois golos a cerca de sete minutos do fim.

Contudo, uma crença assinalável, aliada à força vinda das bancadas, permitiu a reviravolta no marcador e acabar o jogo com uma vitória por uma margem tangencial.

Para o técnico alvinegro Herlander Silva, este foi um encontro que colocou frente a frente “duas excelentes equipas”. “Quem veio às Travessas viu um jogo que, apesar de nem sempre bem jogado, foi extremamente emotivo. Foi uma partida de fase final e penso que acusamos em demasia esse facto. Não soubemos acabar com o jogo quando devíamos e, meritoriamente, o S Bernardo teve o mérito de nunca desistir. Os meus jogadores estão de parabéns pois apesar de há 14ª jornada não termos conseguido ainda levar a nenhum jogo a equipa completa, temos lutado e trabalhado realmente como uma equipa”, explicou o treinador.

No próximo dia 19 a Sanjoanense desloca-se a Benavente para defrontar a equipa local.

Agenda

Seniores masculinos

Benavente-ADS/Clínicas CMP

Dia 19, às 20h00, Esc. Sec. Benavente

Seniores femininos

ADS/Rokefil-Valongo Vouga

Dia 19, às 19h00, Pavilhão Travessas

Juvenis masculinos

Sanjoanense-Avança

Dia 19, às 15h00, Pavilhão Travessas

Juvenis masculinos

Sanjoanense B-Águeda

Dia 19, às 11h00, Pavilhão Travessas

Juvenis femininos

AC Espinho-ADS/Rokefil

Dia 19, às 15h00, Municipal Anta

Infantis masculinos

Feirense A-Sanjoanense A

Dia 19, às 14h15, EB Fernando Pessoa

Infantis masculinos

Sanjoanense B-Estarreja

Dia 19, às 09h30, Pavilhão Travessas

Juniores masculinos

ADS/Hotéis AS-Académico

Dia 20, às 15h00, Pavilhão Lima – Porto

Iniciados masculinos

Sanjoanense A-Estarreja

Dia 20, às 11h00, Pavilhão Travessas

Iniciados masculinos

Sanjoanense B-Oleiros

Dia 20, às 09h30, Pavilhão Travessas

Minis masculinos

Alavarium A-Sanjoanense A

Dia 20, Alavarium

Minis masculinos

S. Bernardo-Sanjoanense B

Dia 20, às 11h00, Gimno S. Bernardo

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui