DF

Todas elas têm muita cor com o intuito de contrastar com o “espírito cinzento, stressado e nublado das pessoas que paira na sociedade”, explicou o autor ao labor

Uma série de 34 fotografias, que foram publicadas desde março do ano passado no Instagram por Paulo Coimbra Amado, pode ser visitada desde o dia 11 de janeiro na Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo.

“Gosto de fotografia desde que me lembro, desde pequeno que lembro de ver fotografias em casa, fotografava muito em Angola, mandava o rolo para Portugal e esperava pelas fotografias reveladas em Angola”, contou Paulo Coimbra Amado, bancário de profissão e fotógrafo e músico nos tempos livres, para quem “a fotografia sempre teve um lugar muito presente”.

As fotografias da exposição “E o Sol brilhará novamente” foram tiradas durante o dia a dia. Todas elas têm muita cor com o intuito de contrastar com o “espírito cinzento, stressado e nublado das pessoas e que paira na sociedade”, explicou Paulo Coimbra Amado ao labor.

E por mais que o dia seja cinzento, negro ou até sem cor, “o Sol brilhará novamente”, destacou o fotógrafo.

Entre todas as fotografias, destaque para um trio com dimensões maiores dos que as restantes. “Gosto especialmente daquelas. Acho que por motivos diversos resultaram muito bem”, indicou Paulo Coimbra Amado ao labor.

Uma das fotografias captou os balões de um vendedor de rua em Espinho. “Achei que fazia um efeito engraçado. Parece quase a noite com as estrelas”, explicou o fotógrafo, acrescentando que as outras duas são o edifício da EDP atrás da Casa da Música no Porto e um megafone tão grande que cabemos lá dentro e que esteve patente em Serralves.

“A fotografia e a música são onde consigo expressar aquilo que sou”, concluiu Paulo Coimbra Amado ao labor.

A inauguração deste projeto representou “um dia muito especial” para o seu autor que é um amante da fotografia, premiado em vários concursos e colaborador de diversas instituições sanjoanenses.

As fotografias da exposição “E o Sol brilhará novamente” de Paulo Coimbra Amado estão patentes até ao dia 28 de fevereiro na Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui