Créditos: Direitos Reservados

Este foi um fim de semana saboroso para o voleibol da APROJ. Uma das melhores prestações coube à equipa de iniciadas, que se deslocaram a Canídelo para tentar fazer justiça, levando na memória o jogo em casa da primeira volta onde a arbitragem condicionou o resultado. Com uma entrada forte nos dois primeiros sets, as visitantes não deram grandes hipóteses à formação adversária vencendo com uma vantagem confortável. O terceiro set foi bem diferente e muito equilibrado. A APROj chegou a uma vantagem de 22-18, mas na parte final o Canidelo ganhou alguma confiança, obrigando a atletas de Filipa Monteiro a cometerem alguns erros. Desmoralizadas, as visitantes acabaram por perder por 25-23. O set seguinte também não correu como era suposto. A APROJ falhou muitas receções e a equipa do Canidelo ganhou confiança, acabando por vencer com uma larga vantagem (25-14).

O quinto set revelou-se impróprio para cardíacos. Com o Canídelo sempre na frente no marcador, a APROJ teve de recuperar dos abalos anteriores para conquistar a vitória. Com as locais a vencer por 13-12, uma falta no serviço dava esperanças às atletas de Filipa Monteiro. Com o jogo empatado, os dois últimos pontos pareciam que nunca mais acabavam, com a bola a passar várias vezes a rede, mas a APROJ acabou por ser superior, lutando com garra até ao final e vencendo o set em 15-13 e o jogo.

Ja o escalão de cadetes não conseguiu o mesmo desfecho, mas realizou uma excelente exibição e obrigou o Frei Gil a trabalhos dobrados para conquistar a vitória. Frente à equipa que lidera o campeonato, as atletas de Cláudio Laranjeira entraram tímidas no jogo e com alguns erros de receção, mas a APROJ melhorou nesse aspeto e, consequentemente, no site-out. Ainda assim, pecou muito na parte final do primeiro set no serviço e no ataque, que permitiu que a formação de Bustos alargasse a vantagem no marcador. No segundo set a história repetiu-se. Alguns erros sucessivos permitiram à equipa da casa ganhar uma margem confortável no marcador, sem que as sanjoanenses conseguissem discutir o resultado.

Nos dois sets seguintes a APROJ esteve melhor na receção e no site-out e manteve-se sempre na frente no resultado, vencendo mesmo o terceiro set (26-24), enquanto no quarto, apesar de ter estado também no comando, acabaria por consentir o empate do Frei Gil (23-23). Contudo, dois erros de comunicação da APROJ permitiram à equipa de Bustos fechar o quarto set por 25-23.

Já em minis a equipa de S. João da Madeira realizou uma excelente prestação no Torneio de Ano Novo, realizado em Gondomar. Com a entrada de novos atletas a APROJ teve dois grupos em competição (básico e intermédio), chegando ao pódio em ambos os níveis.

No intermédio a APROJ venceu os jogos com Esmoriz GC, Ala de Gondomar e SC Vila Real e garantiram a presença na final onde tinham pela frente o CD Fiães. Num jogo intenso, a primeira parte foi vencida pelo adversário (23-21), mas a APROJ respondeu da melhor forma e com um parcial de 24-16, que totalizou uma soma final de pontos de 45-39, conquistou o primeiro lugar.

Já no nível básico a equipa sanjoanense, que teve a estreia de três atletas novas, alcançou o segundo lugar.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui