ADRAV, 1 – Nariz, 0

ADRAV: Welber, Jorge Talhas (Xará, 80’), Brunito, Miguel, Sabata (Brito, 80’), Moisés, Hector, Joca, Mohamed, Barraca, Caio (Godinho, 40’)

Suplentes: Hugo Tavares, C. Rocha, Xará, Brito, Godinho.

Treinador: Filipe Talhas.

Com cinco pontos a separarem as duas equipas na tabela classificava, com vantagem para a ADRAV, esperava-se uma vitória relativamente fácil para o conjunto de S. João da Madeira, mas não foi isso que aconteceu. Talvez pelas facilidades esperadas, os locais entraram no jogo com a ideia de que mais tarde ou mais cedo os golos iriam aparecer, como se para isso não fosse necessário ser uma equipa empenhada, concentrada e, sobretudo, um conjunto com todos a remar para o mesmo lado. Por força dessas situações, a ADRAV foi-se deparando com dificuldades para chegar perto da baliza adversária e nas poucas ocasiões de golo que criou os seus jogadores falhavam de uma forma escandalosa.

E com uma primeira parte pouco atrativa chegava-se ao intervalo sem qualquer alteração no marcador.

Na segunda parte Filipe Talhas trocou Caio por Godinho com o objetivo de dar mais profundidade ao jogo da equipa e optou por colocar Hugo Barraca na sua posição habitual de ponta de lança. Poucos minutos volvidos as alterações surtiam efeito, com o avançado, à entrada da área, num remate em rotação, a atirar forte e colocado sem qualquer hipótese de defesa para o guardião forasteiro.

Com o golo esperava-se que a ADRAV ganhasse alguma tranquilidade e começasse a definir melhor os lances de ataque e a procurar o segundo, mas o jogo pouco modificou e os locais chegaram mesmo a ter de defender o resultado nos minutos finais da partida perante um adversário inconformado.

No final a ADRAV somou mais três pontos, mas deixou a ideia que terá que melhorar e estabilizar por forma a conseguir continuar a vencer.

No próximo sábado a ADRAV desloca-se a Aveiro para defrontar a equipa do Santo André.

Hugo Barraca foi o homem do jogo

Créditos: Direitos Reservados

Numa tarde desinspirada da ADRAV, que se mostrou pouco acutilante no ataque e de pontaria desafinada, valeu o acerto de Hugo Barraca, que conseguiu marcar um golo que acabou por ser fundamental para a conquista de mais uma vitória do conjunto de S. João da Madeira.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui