“Começámos a amar este espaço sem nunca cá termos estado”, afirmaram Demo e New Max a propósito da sala de espetáculos sanjoanense

A Casa da Criatividade, em S. João da Madeira (SJM), serviu de cenário para a banda nortenha Expensive Soul captar algumas das imagens para o videoclipe do seu novo single “Amar é que é preciso”, que será lançado no mercado a 1 de março.

O novo álbum dos Expensive Soul, cujo nome ainda “está no segredo dos deuses”, terá no total entre nove a 10 temas originais. As gravações, que se prolongaram ao longo da tarde da passada terça-feira, no interior da sala de espetáculos, contaram com cerca de 50 profissionais, entre músicos, equipa de produção, realização e make-up.

Em conversa com os jornalistas, tanto Demo como New Max, a dupla que lidera os Expensive Soul, foram unanimes em considerar este novo CD, como o “melhor de sempre”.

Interrogados sobre o porquê da escolha da Casa da Criatividade, os dois músicos, de Leça da Palmeira, não quiseram deixar passar a beleza e as potencialidades do espaço, considerando, igualmente, SJM como uma cidade jovem, moderna e criativa.

Para a gravação de um disco especial só mesmo uma sala especial

À imprensa, realçaram ainda mais esta sua opção pela sala de espetáculos sanjoanense: “Ficámos apaixonados pela Casa da Criatividade sem termos tido oportunidade de a conhecer anteriormente ao vivo. As inúmeras imagens que nos foram apresentadas e o ‘feedback’ que nos chegava aos ouvidos por outros grandes músicos que já tiveram o ensejo de atuarem neste local, marcaram-nos pela positiva. Ou seja, começámos a amar este espaço sem nunca cá termos estado”, disseram.

Ainda em relação à Casa da Criatividade, Demo e New Max afirmaram que, para a elaboração de um trabalho discográfico que celebrará os 20 anos de carreira dos Expensive Soul, o grupo precisava de uma sala especial, maior do que uma sala de teatro convencional.

Neste contexto, e com sorrisos nos lábios, referiram: “Por tratar-se de um ano super especial, com o lançamento de um disco novo e peculiar, também precisávamos de ter cenários especiais como o da Casa da Criatividade. Aliás, os sanjoanenses devem sentir orgulho de terem um espaço como este, com inúmeras ofertas para os espetadores, entre elas as de sonoridade e conforto, sem esquecer a da acessibilidade que nem a Casa da Música do Porto apresenta.

 Tour dos 20 anos de carreira termina com megaconcerto no Altice Arena

Quanto ao próximo single, e sem desvendar muito o trabalho discográfico que celebrará os 20 anos de carreira, Demo e New Max deram a entender que se trata de um tema em que fala de amor e das relações pessoais de quem se gosta, mas que não são capazes de o dizerem diretamente.

Por sua vez, o novo CD terá uma roupagem musical muito diferente dos que até agora já foram editados, tanto pela maturidade como pela identificação da banda pelas sonoridades mais atuais e pessoais.

Ainda em conversa com os jornalistas, sublinharam que cada uma das canções deste novo CD será diferente musicalmente, mas, no final, os apreciadores terão a perceção que há uma ligação entre elas.

Como habitualmente, a banda irá fazer uma tour pelo país fora. No entanto, como se trata de um ano especial, os Expensive Soul vão dar um megaconcerto, – o maior de sempre -, no próximo dia 23 de novembro, no Altice Arena, em Lisboa. “Pela grandeza que idealizamos celebrar as duas décadas de carreira e apesar de sermos do Norte, esse sonho só pode ser concretizado no maior espaço de espetáculos do país. O show contará com músicos, bailarinos de uma escola de dança, bem com as potencialidades de luz, som e pirotecnia”, disseram.

Criados em 1999, em Leça da Palmeira, os Expensive Soul são  compostos por António Conde, mais conhecido por Demo (MC), e Tiago Novo, conhecido como New Max (cantor/MC/músico/produtor. Com uma sonoridade bastante versátil que vai desde o Soul/Reggae até ao R&B/Hip-hop, ao vivo fazem-se acompanhar pela Jaguar Band. Em 2004 editaram o primeiro álbum e há cinco que não lançam nenhum CD original.

“Somos felizes e privilegiados. Não temos compromissos com nenhuma editora discográfica, fazemos o que queremos e amamos e isso diz tudo”, concluíram.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui